Publicidade

Messi acabou com a “maldição” contra o Chelsea e finalmente balançou a rede no nono confronto contra os ingleses. Agora, o craque do Barcelona já fez gols em 29 times na Liga dos Campeões. Porém, seis clubes podem se orgulhar de um feito e tanto: nunca sofreram um gol do argentino no torneio. Atlético de Madrid, Benfica, Inter de Milão, Liverpool, Rubin Kazan e Udinese conseguiram resistir a Messi. Dois goleiros brasileiros ajudaram neste retrospecto, sendo um deles o maior vilão do camisa 10 do Barça.

Messi soma 98 gols na Liga dos Campeões | Foto: Divulgação Barcelona

Julio Cesar, que voltou para o Flamengo para encerrar a carreira, é o goleiro que soma mais minutos sem nunca ter sofrido um gol de Messi na Liga dos Campeões. O brasileiro suportou 270 minutos sem ser superado pelo craque argentino.

Leia também:

Publicidade

O ‘poder’ da Rede Globo na Seleção Brasileira: Neymar, Dunga e por aí vai…
Valverde estabelece recorde pelo Barcelona na Liga dos Campeões
Primeiro rival do Flamengo na Libertadores, River Plate vive turbulência
Barcelona se classificou em 11 das 13 vezes em que empatou em 1 a 1 na Champions
Messi acaba com ‘maldição’ contra o Chelsea
Douglas Costa e outras entregadas do futebol brasileiro
Real Madrid vai negociar Bale e Benzema e sonha com Neymar, diz jornal
Cristiano Ronaldo iguala recorde de Raúl no Real Madrid

Outro brasileiro que pode se orgulhar de não ter levado gol de Messi na Liga dos Campeões é Artur Moraes. Quando defendia o Benfica, ele enfrentou o craque argentino duas vezes e passou incólume.

Atlético de Madrid e Rubin Kazan, com quatro partidas cada, conseguiram sair de campo sem levar gol de Messi na Liga dos Campeões. A Inter de Milão carrega um retrospecto de três jogos, enquanto Liverpool e Benfica resistiram em dois jogos e a Udinese em uma partida.

As principais vítimas de Messi

Publicidade

O Arsenal já sofreu muito nas mãos de Messi. O argentino fez nove gols em seis confrontos contra o clube inglês, numa média de um gol a cada 49 minutos e 40 segundos.

O Bayer Leverkusen também tem pesadelos com o craque do Barcelona. O time alemão sofreu sete gols dele, numa média de um gol a cada 38 minutos e 34 segundos, sendo que cinco gols foram marcados no mesmo jogo, em vitória de 7 a 0 do Barcelona, em 2012.