Publicidade

Sassá se viu em novo episódio controverso na carreira. O Marítimo decidiu rescindir o contrato com atacante por justa causa. O clube português não gostou do fato de o atacante vir para o Brasil para se tratar de uma lesão. Aos 27 anos, o atacante não atingiu o potencial que todos esperavam.

Uma batalha jurídica deve ser o caminho para Sassá, que alega que o Marítimo o liberou para se tratar no Brasil. O atacante declarou que vai procurar a Justiça para brigar por seus direitos.

Galeria de Fotos

O futebol conhece alguns exemplos de jogadores que não atingiram todo o potencial que se esperava em função de polêmicas. É o caso de Sassá.

Relacionadas

Messi e Pochettino PSG
David Luiz Flamengo

Jogadores atrapalhados por polêmicas

Sassá

Publicidade

Este foi mais um episódio da trajetória de Sassá. Ele já teve vídeo íntimo vazado, postou foto com maços de dinheiro e até se envolveu em confusão em campo: acertou um soco em Mayke.

Sassá vai recorrer contra o Marítimo (Foto: Marítimo)

André

O centroavante ganhou projeção com a camisa do Santos em 2010, ao lado de Neymar e Ganso. André, entretanto, não atingiu o potencial que prometia e passou a rodar por alguns clubes. Conviveu com problemas extracampo, com flagras na noite.

André Vasco André na época de Vasco | Foto: Marcelo Sadio / Vasco / Divulgação

Carlos Alberto

Cria do Fluminense, Carlos Alberto ganhou o mundo rapidamente – foi campeão da Champions League pelo Porto. Entretanto, teve uma carreira de altos e baixos e com algumas polêmicas, como uma discussão com o técnico Leão na época de Corinthians.

Carlos Alberto Champions Carlos Alberto tem Champions no currículo | Foto: Imago Images

Marcinho

Publicidade

O ex-meia conviveu com alguns problemas extracampo no Atlético-MG e no Flamengo, clube que vinha muito bem em 2008. Ele, então, foi para o futebol do Qatar e não teve o protagonismo esperado. Não se destacou no retorno ao Brasil.

Marcinho Flamengo Marcinho foi bem no Flamengo | Foto: Vipcomm / Divulgação

Madson

A trajetória de Madson foi marcada por uma polêmica. Ele, o goleiro Rafael e o atacante Zé Love, em uma twitcam, trocaram ofensas com torcedores, em 2010. O episódio repercutiu mal. No ano seguinte, foi emprestado ao Athletico-PR e depois foi para o Qatar.

Madson Santos Madson em reencontro com Vasco | Foto: Marcelo Sadio / Vasco / Divulgação

Zé Love

O atacante também não vingou como se esperava depois daquele episódio. Zé Love ainda carrega uma história curiosa. Ele chegou a ser alvo do Milan. Entretanto, decidiu não esperar o Rubro-Negro, que o considerava um plano B, e decidiu voltar para o Genoa.

Zé Love jogou com Neymar com a camisa do Santos (Foto - Santos / Divulgação) Zé Love foi campeão com Neymar  (Foto – Santos / Divulgação)

Neto

Publicidade

Ídolo do Corinthians, Neto se envolveu em algumas polêmicas na carreira, como o episódio em que cuspiu no rosto do árbitro José Aparecido em um clássico com o Palmeiras.

Neto foi preterido por Lazaroni em 1990 (Divulgação) Neto é ídolo do Corinthians (Divulgação)

Cassano

O ex-atacante italiano brilhou pela Roma e se tornou um dos galácticos do Real Madrid. Entretanto, Cassano acumulou polêmicas dentro e fora de campo, além de dificuldade com peso. Não se tornou o astro que aparentava que seria.

Cassano surgiu com pompa de craque | Foto: Divulgação Roma

Cueva

O meia peruano teve problemas no São Paulo e no Santos. Cueva se atrasava para treinos e também faltou vez ou outra no Tricolor Paulista. No Peixe, o histórico de atrasos se repetiu.

Cueva não deixou saudade | Foto: Divulgação

Balotelli

Publicidade

O atacante italiano coleciona algumas polêmicas na carreira. Na época de Manchester City, Balotelli se envolveu em confusão em boate e quase brigou com técnico Roberto Mancini. Ele também provocou a ira da torcida da Inter de Milão ao se declarar para o Milan.

Mancini Balotelli City Mancini e Balotelli se estranharam no City | Foto: Imago Images

Adriano Imperador

Apesar do apelido, a carreira não atingiu o ponto que se esperava. Adriano brilhou, mas não como poderia. Ele admitiu os problemas que teve com bebida após a morte do pai.

Adriano Flamengo Libertadores Adriano na segunda passagem pelo Flamengo | Foto: Imago Images

Jobson

Ganhou projeção com a camisa do Botafogo, mas foi flagrado em exame antidoping, em 2010, e admitiu o uso de crack. Levou dois anos de suspensão. Em 2014, o atacante se recusou a fazer exame antidoping, quando atuava na Arábia Saudita, e levou gancho de quatro anos.

Jóbson não passou de uma grande promessa no Botafogo (Foto: divulgação) Jobson não se tornou o craque que se imaginava | Foto: Divulgação

Cicinho

Publicidade

Teve uma carreira de sucesso, especialmente pelo São Paulo. O ex-lateral-direito chegou ao Real Madrid e à Seleção Brasileira. Cicinho enfrentou o alcoolismo entre 2009 e 2010 e lutou para superar o problema, o que prejudicou a carreira.

Cicinho se destacou pelo São Paulo e foi para o Real Madrid | Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net / Divulgação

Valdiram

Um caso com um triste e trágico fim. Valdiram chamou atenção com a camisa do Vasco, em 2006. Ele se perdeu no mundo das drogas. Foi encontrado morto, em São Paulo, em 2019, em situação de rua.

Valdiram Vasco Valdiram teve fim trágico | Foto: Vasco | Divulgação

Michael

Revelado pelo Fluminense, Michael era uma promessa, quando a carreira foi interrompida, em 2013, por suspensão por uso de cocaína.

Michael Fluminense Michael teve problemas na época de Fluminense | Foto: Nelson Perez / Fluminense / Divulgação

Rodolfo

Publicidade

A temporada de 2021 é de recomeço para o goleiro, pelo Oeste. Em 2019, Rodolfo foi flagrado em exame antidoping no Fluminense, por uso de cocaína, e suspenso. Ele já havia sido punido na época em que defendia o Athletico-PR.

Rodolfo em ação pelo Fluminense (Foto: Getty)

Lopes

O desempenho pelo Palmeiras chamou atenção. Entretanto, Lopes não conseguiu ter o sucesso esperado na sequência da carreira – defendeu Flamengo, Fluminense, Santos, entre outros. Caiu no doping por uso de cocaína.

Lopes Lopes no Volta Redonda, em 2015 | Foto: Pedro Borges / Fair Play Assessoria / Divulgação

Paul Gascoigne

Apesar de ter sido um dos principais jogadores da Inglaterra na década de 1990, Paul Gascoigne acumulou problemas, com alcoolismo e drogas.

Gascoigne Gascoigne: carreira e vida polêmica | Foto: Imago Images

Cannigia

Publicidade

O ex-atacante argentino por pouco não perdeu a Copa do Mundo de 1994. Cannigia levou um gancho de 13 meses por problemas com cocaína.

Caniggia Caniggia foi carrasco do Brasil | Foto: Stu Forster/Getty Images

Adrian Mutu

O talentoso romeno se viu em um polêmica no Chelsea. Adrian Mutu foi reprovado em um teste de drogas de cocaína. O clube inglês, inclusive, recorreu à Justiça. Mutu foi condenado a indenizar o time.

Adrian Mutu Chelsea Adrian Mutu: polêmica no Chelsea | Foto: Shaun Botterill/Getty Images

Comentários