Publicidade

O Real Madrid perdia de 1 a 0 até os 45 minutos do segundo tempo or conta de um gol de Mahrez. O Manchester City estava com um pé na final. Mas a Champions League não é para amadores. Com dois gols de Rodrygo, que mudou o jogo, e um do artilheiro Benzema, na prorrogação, os merengues viraram a partida, ganharam por 3 a 1 e vão para a final da competição.

Benzema cobra o pênalti para marcar o terceiro gol do Real Madrid (Foto: Getty)

O City de Guardiola, que tinha vencido na ida por 4 a 3, perde a chance de disputar a segunda final seguida. Já o Real Madrid reencontra o Liverpool, rival que derrotou na final de 2018. A decisão deste ano será em Paris no dia 28 de maio.

Nesta decisão estarão em campo 19 títulos da Champions League. Maior ganhador, o Real Madrid ergueu a taça 13 vezes, contra 6 do Liverpool.

Primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio

Real Madrid e Manchester City fizeram um jogo disputado (Foto: Uefa)

Publicidade

O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio. Logo aos quatro minutos Carvajal cruzou e Benzema cabeceou sobre o gol. Mas não foi o sinal de uma pressão forte dos merengues. Isso porque o Manchester City também sabia levar perigo. Tanto que quase marcou aos 14 minutos. De Bruyne arriscou um belo chute de canhota e exigiu grande defesa de Courtois.

O grande lance de perigo dos ingleses na primeira etapa foi aos 19 minutos. Bernardo Silva recebeu de De Bruyne e, de dentro da área, mandou uma bomba para uma grande defesa de Cortouis. Aos 26 minutos a resposta merengue: Kroos cobrou falta sobre o gol com perigo.

Vinicius Júnior deu trabalho para a defesa do City (Foto: Uefa)

Benzema quase deixou a sua marca aos 42 minutos. O francês foi lançado em profundidade, penetrou na área, mas chutou sobre o gol.

Real voltou mais ofensivo

De Bruyne e Casemiro fizeram batalha à parte no meio (Foto: Uefa)

Publicidade

A volta para o segundo tempo foi mais elétrica. Logo com um minuto Carvajal cruzou e Vinicius Júnior, de dentro da área, pegou mal e isolou a bola. Três minutos depois Gabriel Jesus recebeu passe na esquerda de De Bruyne e chutou para boa defesa do goleiro merengue.

Relacionadas

Lewandowski
Haaland

Aos poucos o City foi conseguindo amarrar o Real Madrid e criando problemas para os espanhóis criarem. Assim o ritmo da partida caiu, o que interessava aos britânicos.

O cenário era ideal para o City, que abriu o placar aos 27 minutos. Bernardo Gomes foi avançando sem marcação e rolou para um chute perfeito de Mahrez.

Mahrez chutas para abrir o placar no Bernabéu (Fotoi: Getty)

Publicidade

Depois disso o Manchester City viu um Real Madrid desorganizado em busca do empate. Assim  abriu espaço para os ingleses quase ampliarem em dois chutes de Grealish, um deles com Mendy salvando em cima da linha.

Rodrygo mudou o jogo

Rodrygo se antecipa a Ederson (Foto: Getty)

Mas quem disse que os merengues morrem antes da hora? Aos 45 minutos o Real Madrid buscou o empate. Rodrygo aproveitou cruzamento da esquerda e mandou para o fundo da rede.

O impossível veio aos 47 minutos. Após cruzamento da direita, Rodrygo mandou a bola para o fundo da rede. Era a certeza da prorrogação.

Publicidade

No primeiro minuto do tempo extra Vinicius Júnior avançou e rolou para Benzema chutar e exigir grande defesa de Ederson.

No minuto segundo Ruben Dias chegou atrasado dentro da área e derrubou Benzema na área. O próprio francês foi para a cobrança e fez o terceiro gol dos merengues. Era o gol da classificação.

FICHA TÉCNICA
REAL MADRID-ESP 3 X 1 MANCHESTER CITY

Publicidade

Local: Estádio Santiago Bernabéu, em Madri (Espanha)
Data: 4 de maio de 2022 (Quarta-feira)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Daniele Orsato (Itália)
Assistentes: Ciro Carbone (Itália) e Alessandro Giallatini (Itália)
VAR: Massimiliano Irrati (Itália)
Cartões amarelos: Modric, Carvajal, Valverde e Militão (Real Madrid) e Laporte, Zinchenko e Sterling (Manchester City)
Gols:
REAL MADRID:  Rodrygo aos 45 e aos 47 minutos do 2º Tempo e Benzema aos minutos do 1º Tempo da prorrogação
MANCHESTER CITY: Mahrez. aos 27 minutos do 2º Tempo

REAL MADRID: Cortouis, Carvajal, Nacho Fernández, Militão (Vallejo) e Mendy; Casemiro (Asensio), Valverde, Kroos (Rodrygo) e Modric (Camavinga); Vinicius Júnior (Lucas Vázquez) e Benzema (Ceballos)
Técnico: Carlo Ancelotti
MANCHESTER CITY: Ederson, Walker (Zinchenko), Ruben Dias, Laporte e Cancelo; Rodri (Sterling), Bernardo Silva e De Bruyne (Gündogan); Mahrez (Fernandinho), Gabriel Jesus (Grealish) e Foden
Técnico: Josep Guardiola

Comentários