Publicidade

Carlo Ancelotti chamou Rafa Marín para treinar com o elenco principal do Real Madrid. O jogador defende o Real Madrid Castilla, o time B da casa. Não é a primeira vez que ele faz isso neste seu retorno ao clube espanhol, mas também Zidane já fez o mesmo no passado. Assim, a atitude é vista como uma declaração e tanto de intenções: o treinador italiano considera-o o zagueiro mais promissor da casa.

Rafa Marín tem futuro promissor no Real Madrid, mas não é de hoje - Foto: Divulgação Rafa Marín tem futuro promissor no Real Madrid, mas não é de hoje – Foto: Divulgação

Leia também

Preparativo para a Copa do Mundo? Vinte craques que estão se destacando nas Eliminatórias

Real Madrid marca Pogba de perto e tem trunfo na manga pelo astro

Publicidade

Marcelo, Hazard, Coutinho, Sterling… os negociáveis do mercado da bola

Marín é um zagueiro de porte, com 1,91m de altura, ao qual agrega boa técnica e boa saída de bola. A sua altura também é utilizada com perfeição, pois é muito poderoso por cima, tanto nas ações defensivas como nas jogadas de ataque de bola parada. Além disso, possui uma qualidade muito importante no Real Madrid: é muito rápido.

Nesta temporada tornou-se uma peça fundamental para Raúl, técnico do Real Madrid B. Já disputou sete jogos e nessas oportunidades apresentou uma atuação fantástica. Até Luis de la Fuente, da seleção espanhola Sub-21, o segue de perto. Seu crescimento pode ser a solução para a escassez que o Real Madrid enfrenta no centro da zaga. Alaba e Militão são indiscutíveis, mas no banco estão Nacho, que também deve cobrir as baixas nas laterais, e Vallejo, que ainda estreou nesta temporada.

Relacionadas

De Bruyne Chelsea
Harry Maguire Inglaterra

Na pista

Publicidade

Assim, Rafa Marín é um dos mais promissores zagueiros do Real Madrid, embora sua vida pudesse ter sido muito diferente se não fosse sua mãe. Quando criança, sua paixão eram as motocicletas. Aos três anos ele tinha uma bicicleta cross-country e aos cinco ganhou um quadriciclo. Mas sua mãe não gostou de ver o filho arriscando a vida nas pistas. Foi por isso que o fez ingressar no Alcolea aos seis anos, time onde seu pai jogava na época. De lá até o Real Madrid se desenrolou um história que definitivamente deixou as motocicletas de lado.

Comentários