Publicidade

Já imaginou Messi com a camisa do Real Madrid? Bem, o clube merengue sim. É o que a revista alemã “Der Spiegel” informou nesta sexta-feira. De acordo com a publicação, o Real, em 2013, cogitou pagar a multa rescisória, à época de 250 milhões de euros, para tirar o craque do Barcelona. Advogado da família naquela ocasião, Íñigo Juárez avisou ao pai do argentino o interesse e a disposição do Real Madrid de arcar com a multa. Tudo isso antes de o clube contratar Gareth Bale por 101 milhões de euros.

Messi despertou o interesse do Real Madrid | Foto: Divulgação

A oferta do Real Madrid a Messi, ainda de acordo com o “Der Spiegel”, seria de 23 milhões de euros por ano de salário num contrato até 2021, além de um milhão de euros ao pai do craque. O Real Madrid negou as informações da revista alemã.

Leia também

Publicidade

Manchester United fará ‘loucura’ bilionária para contratar Neymar
Real Madrid experimenta crise e imprensa bombardeia Zidane

Harry Kane iguala recorde de Gerrard na Premier League
Eto’o no futebol brasileiro? Relembre outros destaques cotados no país
Antes Rei do Mercado, Real Madrid agora é lanterna entre os grandes
Veteranos famosos e times pequenos: a rotina dos Estaduais

A publicação deu detalhes do plano traçado pelo Real Madrid: uma reunião nas alturas. O clube e o jogador discutiram a possível transferência em um avião particular. Além de toda a grana envolvida, o Real ainda ajudaria o craque no processo de fraude fiscal que ele respondia.

A multa atual de Messi

Agora, contratar Messi é praticamente impossível. O craque argentino recentemente renovou com o Barcelona. A multa rescisória é de “apenas” R$ 2,7 bilhões. Ou então torcer pela independência da Catalunha. Uma cláusula no contrato libera o camisa 10 caso o clube fique fora de uma liga de Primeira Divisão da Europa.

Publicidade

Em caso de independência da Catalunha, o Barcelona corre o risco de não poder disputar o Campeonato Espanhol.