Publicidade

O Real Madrid despachou o Barcelona, em pleno Camp Nou, vencendo o rival por 3 a 1, neste sábado (24), em jogo válido pelo Campeonato Espanhol. Valverde, Sergio Ramos e Modric marcaram para o time de Madrid, enquanto Ansu Fati fez o de honra dos donos da casa. A partida tinha um atrativo a mais, no duelo particular entre os técnicos Ronald Koeman, do Barcelona, e Zinedine Zidane, do Real. Ambos flertavam com a crise, em razão de desempenhos em jogos recentes. Melhor para o francês.

Jogo começou com a cara que todos esperavam, em se tratando de Barcelona x Real Madrid. Com apenas oito minutos de jogo o placar já mostrava 1 a 1, gols de Valverde, para o Real Madrid, aos 3 minutos, e Ansu Fati – cada vez mais destaque do time catalão – aos 8 minutos.

Valverde abriu o placar para o Real Madrid, em jogada que começou com Benzema Valverde abriu o placar para o Real Madrid, em jogada que começou com Benzema – Foto: LLUIS GENE/AFP via Getty Images)
A resposta do Barcelona veio poucos minutos depois, com Ansu Fati A resposta do Barcelona, no entanto, veio poucos minutos depois, com Ansu Fati – Foto: LLUIS GENE/AFP via Getty Images

Embora o placar ficasse assim no primeiro tempo, o que se viu foi um jogo animado, com o Real Madrid marcando um pouco mais de presença, se comparado ao rival. Entretanto, o Barcelona teve boas oportunidades, mas esbarrava sempre nas defesas de Courtois. Se por um lado Casemiro, Vinícius Júnior e Benzema criavam situações de perigo a favor do Real Madrid, no Barcelona, entretanto, era Messi quem protagonizava os principais lances. A tônica do primeiro tempo foi o equilíbrio, após o ritmo inicial forte.

Segundo tempo

Publicidade

No retorno, o Barcelona ditou o ritmo do jogo no início do segundo tempo, criando duas boas oportunidades. Sempre pela direita, com Ansu Fati, em chute cruzado, aos 6 minutos, e Philippe Coutinho, de cabeça, aos 8 minutos. Mas um pênalti, aos 16 minutos, caiu do céu para o Real Madrid. Com direito à confirmação pelo VAR, dois minutos depois Sergio Ramos cobra com firmeza e coloca o Real novamente em vantagem. O Barcelona caiu de produção, com Messi um pouco apagado. Nas poucas oportunidades, a bola não entrava.

Messi tentou, no entanto, marcação do Real Madrid era forte Messi tentou, no entanto, marcação do Real Madrid era forte – Foto: LLUIS GENE/AFP via Getty Images)

Koeman tentou colocar o time mais agressivo, lançando pela primeira vez Griezmann em campo, mas também colocou em campo Dembélé e Trincão. Por outro lado, o Real Madrid lançava o jovem Rodrygo. Mas, quem brilhou nos minutos finais da partida foi Neto, goleiro do Barcelona. Aos 40 minutos foi obrigado a fazer duas belas defesas no mesmo lance, primeiro num chute de primeira de Kroos, depois num sem pulo de Sergio Ramos.

Ainda assim, ele não foi capaz de evitar o pior para o Barcelona, que viu o rival ampliar o placar aos 45 minutos. No lance, Modric tocou para Vinicius Júnior na área. O brasileiro ganhou a jogada com Neto, mas a bola sobrou para Rodrygo que tocou para Modric. Ele tirou Neto da jogada tocou para o fundo da rede. Fechou o caixão para o Barcelona flertar com a crise.