Publicidade

O futuro de Cristiano Ronaldo já movimenta o mundo da bola. Um dia após o jornal “As” publicar que o craque português quer deixar o Real Madrid, o “Record”, de Portugal, informa, nesta terça-feira, que o clube merengue deu aval a Jorge Mendes, empresário de CR7, para apresentar propostas e negociar a saída de seu maior astro.

Futuro de Cristiano Ronaldo movimenta o mundo da bola | Foto: Divulgação Fifa

Ainda de acordo com o jornal “Record”, o Real Madrid não estipulou um preço para vender Cristiano Ronaldo. A multa rescisória do craque português é de “apenas” 1 bilhão de euros, quase R$ 4 bilhões.

Leia também:

Publicidade

Veja cinco gols mais bonitos de Gustavo Scarpa, novo reforço do Palmeiras
Cristiano Ronaldo quer voltar para o Manchester United
Paulinho tem o dobro de gols de Cristiano Ronaldo no Campeonato Espanhol
Árbitro francês que chutou brasileiro é reincidente em confusão
Harry Kane iguala recorde de Gerrard na Premier League
Eto’o no futebol brasileiro? Relembre outros destaques cotados no país

A prioridade de Cristiano Ronaldo é voltar para o Manchester United. Porém, o clube inglês trata a negociação como complicada, devido aos valores. O United estima que o preço para tirar o craque do Real esteja na casa de 100 milhões de euros (quase R$ 400 milhões). Além disso, CR7 pediria um salário de 50 milhões de euros anuais.

Interessados em Cristiano Ronaldo

Além do Manchester United, o PSG é apontado como interessado em Cristiano Ronaldo. Outra alternativa é até mesmo o futebol chinês. No ano passado, uma oferta de 200 milhões de euros e salários de 120 milhões de euros anuais foi ventilada.

A insatisfação de Real Madrid

Publicidade

A vontade de Cristiano Ronaldo de deixar o Real Madrid é a insatisfação com o presidente Florentino Pérez. O craque se sente enganado pelo dirigente. O motivo? Promessa de aumento salarial. CR7, apesar de ter renovado contrato no ano passado até 2021, deseja um novo reajuste salarial. Ele quer ganhar mais do Messi e Neymar.

O português ocupa a quinta colocação no ranking dos maiores salários do futebol, com 21 milhões de euros por temporada após sua última renovação. Bem atrás de Messi, com 50 milhões por ano, e Neymar, com 36 milhões.