Publicidade

Tite fez a penúltima convocação da Seleção Brasileira antes da lista final para a Copa do Mundo. O técnico sempre incentiva a concorrência e diz que a corrida por vagas está aberta. Entretanto, é possível apontar quem está praticamente no Catar, quem está perto do objetivo e quem perdeu força.

O trabalho de Tite deve ser “facilitado”. Tudo indica que a Fifa vai permitir o aumento para 26 jogadores convocados para a Copa do Mundo. O técnico, assim, terá mais opções para convocar.

Galeria de Fotos

Em junho, Tite tem dois amistosos confirmados (contra a Coreia do Sul e Japão) para fazer testes. A CBF busca um terceiro rival, após o cancelamento do duelo com a Argentina.

Relacionadas

Tite
Danilo

O que a lista de Tite mostra na Seleção Brasileira

Publicidade

No gol, a situação é praticamente definida. Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras) vão para a Copa do Mundo. A situação na lateral direita começa a ficar desenhada, com Danilo (Juventus) e Daniel Alves (Barcelona). Assim, Emerson Royal (Tottenham) fica mais distante do Catar.

Daniel Alves Seleção Brasileira Daniel Alves se aproxima de mais uma Copa | Foto: Lucas Figueiredo / CBF / Divulgação

O retorno de Gabriel Magalhães, do Arsenal, indica que o zagueiro é o favorito à quarta vaga do setor. Na última lista, ele foi liberado para acompanhar nascimento da primeira filha. Lucas Veríssimo, em recuperação de lesão no Benfica, corre por fora. Já Thiago Silva (Chelsea), Marquinhos (PSG) e Militão (Real Madrid) têm presença praticamente garantida no Mundial.

Barcelona desafia o Real Madrid e entra na briga por meia francês

Publicidade

A convocação de três laterais-esquerdos deixa evidente que Tite tem dúvida no setor. Alex Sandro, da Juventus, tem vaga encaminhada. A briga se concentra entre Alex Telles, do Manchester United, e Guilherme Arana, do Atlético-MG. Renan Lodi, do Atlético de Madrid, perdeu espaço.

Coutinho dá desconto de 70% para continuar no Aston Villa

No meio de campo, Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool) e Fred (Manchester United) estão bem na fita e devem ir para a Copa do Mundo. Bruno Guimarães, do Newcastle, encaminhou a vaga. Surpresa da lista, Danilo, do Palmeiras, ganha oportunidade nesta reta final. Arthur, da Juventus, perdeu força. Gerson (Olympique de Marselha) vê a Copa mais longe.

Publicidade

É só no Brasil? Postura da torcida irrita Raphinha na Premier League

No setor de criação, Lucas Paquetá (Lyon) e Philippe Coutinho (Aston Villa) têm situação encaminhada. Everton Ribeiro, do Flamengo, está cada vez distante. Raphael Veiga, do Palmeiras, não entra na lista de Tite.

A briga no ataque

No ataque, Neymar (PSG), Raphinha (Leeds United), Vinicius Júnior (Real Madrid) e Antony (Ajax) largam na frente. Richarlison, do Everton, e Gabriel Jesus, atacante do Manchester City novamente convocado, têm boas chances. Rodrygo, do Real Madrid, vai ganhando pontos nesta reta final de preparação. Gabriel Martinelli, do Ajax, está na luta.

Rodrygo Real Madrid Rodrygo está em alta no Real e ganhando espaço na Seleção | Foto: MIGUEL MEDINA/AFP via Getty Images

Publicidade

No posto de centroavante, Matheus Cunha, do Atlético de Madrid, volta à Seleção Brasileira. Ele desponta como nome forte para o Mundial. Já Gabigol, do Flamengo, ficou para trás, assim como Tite demonstra que não pretende dar chance a Hulk, do Atlético-MG.

Comentários