Publicidade

Messi alcançou, neste domingo, a marca de 600 gols na carreira, sendo 539 pelo Barcelona e 61 pela Argentina. O Atlético de Madrid, na figura do goleiro Oblak, é o clube que vai carregar a “fama” de ter levado o gol histórico. Mas qual time é a principal vítima do craque? Qual seleção tomou mais gols dele?

Messi já marcou em 99 rivais diferentes | Foto: Miguel Ruiz / Barcelona / Divulgação

Desde o primeiro gol marcado com a camisa do Barcelona, no dia 1º de maio de 2005, após assistência de Ronaldinho Gaúcho, no duelo com Albacete, até aqui, Messi já balançou as redes de 72 clubes. Pela Argentina, ele já fez gols em 27 seleções.

Leia mais:

Publicidade

Lateral-artilheiro, Pikachu vira arma e iguala melhor marca de gols pelo Vasco
Cristiano Ronaldo pronto para decidir e com melhor média da carreira
Manchester City pode quebrar sete recordes da Premier League
Corinthians e Premiere revoltam rivais com bandeirão
Mais um craque na Copa do Mundo? Ibrahimovic deixa a possibilidade no ar
Hazard aguarda o Real Madrid e ‘ignora’ oferta de renovação do Chelsea

O jornal “Sport”, da Espanha, fez um levantamento de todas as vítimas de Messi, seja com a camisa do Barcelona, seja com as cores da Argentina. O Brasil está entre as principais seleções que sofreram nos pés do craque.

As principais vítimas de Messi

O clube que mais sofreu com Messi até agora foi o Sevilla. O craque do Barcelona balançou as redes do rival 29 vezes. O Atlético de Madrid vem logo atrás, com 28 gols sofridos. O Real Madrid “completa” o pódio, com 25 gols sofridos.

Publicidade

Em termos de seleções, o Brasil, a Venezuela, o Uruguai, o Equador e o Paraguai dividem o posto de principal vítima de Messi. Cada país levou quatro gols do argentino. Já o primeiro país a tomar gol do craque foi a Croácia, em 2006

As 72 vítimas de Messi pelo Barcelona

1º – Sevilla – 29 gols
2º – Atlético de Madrid – 28 gols
3º – Real Madrid – 25 gols
4º – Valencia – 24 gols
5º – Athletic Bilbao e Osasuna – 23 gols
6º – Espanyol – 21 gols
7º – Betis e Getafe – 18 gols
8º – Deportivo La Coruña – 17 gols
9º – Levante e Rayo Vallecano – 16 gols
10º – Real Sociedad – 15 gols
11º – Zaragoza – 14 gols
12º – Almería, Málaga e Villarreal – 13 gols
13º – Eibar, Mallorca e Racing Santander – 12 gols
14º – Granada – 11 gols
15º – Arsenal e Celta – 9 gols
16º – Celtic e Milan – 8 gols
17º – Bayer Leverkusen – 7 gols
18º – Ajax, Alavés, Córdoba, Manchester City e Sporting Gijón – 6 gols
19º – Elche e Tenerife – 5 gols
20º – Bayern de Munique, Las Palmas, Leganés, Panathinaikos, Paris Saint-Germain, Spartak Moscou e Valladolid – 4 gols
21º – Apoel, Copenhague, Lyon, Recreativo Huelva, Shakhtar Donetsk, Sttugart e Viktoria Plzen – 3 gols
22º – Basileia, Bate Borisov, Dinamo Kiev, Nástic, Girona, Hércules, Juventus, Manchester United, Numancia, Roma e Santos – 2 gols
23º – Albacete, Atlante, Benidorm, Borussia Mönchengladbach, Ceuta, Chelsea, Cultural Leonesa, Estudiantes de La Plata, Olympiacos, Porto, Rangers, River Plate, Sporting e Werder Bremen – 1 gol

As 27 vítimas de Messi pela Argentina

1º – Brasil, Equador, Paraguai, Uruguai e Venezuela – 4 gols
2º – México, Colômbia, Chile, Suíca, Guatemala, Bolívia e Panamá – 3 gols
3º – Croácia, Argélia, Espanha, Nigéria, Hong Kong – 2 gols
4º – Sérvia, Peru, França, Portugal, Albania, Alemanha, Eslovênia, Bósina, Irã e Estados Unidos – 1 gol