Publicidade

Giampiero Ventura, técnico da Itália eliminada (Foto: Fifa) Giampiero Ventura, técnico da Itália eliminada (Foto: Fifa)

Por que a eliminação da Itália diante da Suécia vem geranto tanto falatório? É certo que a tradição tem peso, que isso não acontece desde 1958. Claro que pesa também o fato de a Itália ter quatro títulos mundiais. Mas não é assim que é o futebol?

A frustração é grande sim, mas nada vai doer mais num futuro próximo do que a questão financeira. O futebol italiano vai pagar caro por essa eliminação.

Publicidade

Deu no “Corriere della Sera” que a ausência da Azzurra na Copa da Rússia vai trazer fortes prejuízos à Federação Italiana. Além disso, a Fifa também não tem o que festejar, se pensar em patrocinadores.

Estipula-se que a entidade maior do esporte deverá perder cerca de 100 milhões de euros – em torno de R$ 380 milhões -, se comparado com a Copa de 2014. A RAI – emissora de tv italiana – e a Sky pagaram 180 milhões de euros em direitos de transmissão. Algo em torno de R$ 685 milhões.

De Rossi: “Por que eu?”

Porém, sem jogos da Itália para transmitir, cai também o interesse na compra de canais locais para retransmissão. Imagine uma Copa sem a participação da Seleção Brasileira. Qual seria o interesse da população daqui em acompanhar?

Publicidade

Segundo o “Corriere della Sera”, o valor a ser arrecadado com retransmissões deve ser inferior à metade do que foi pago pela RAI e a Sky.

Itália perde a vaga e seu ídolo Buffon, que deu adeus à Azzurra (Foto: Fifa) Itália perde a vaga e seu ídolo Buffon, que deu adeus à Azzurra (Foto: Fifa)

Federação Italiana

No caso da Federação, não haverá prêmio pela presença. Vale lembrar que o prêmio para o campeão do mundo é de R$ 123 milhões – ou 32,5 milhões de euros. Sem falar nos valores recebidos por direitos de TV e patrocínios, uma vez que os contratos têm valores fixos e por objetivos. A cada fase, mais dinheiro entra.

Impacto profundo

Para se ter uma ideia do que se pode esperar, o jornal lembra que, em 2014, a Federação italiana aumentou sua receita em 19%. Vale ressaltar que a Azzurra nem sequer passou da fase de grupos. Além disso, nesse mesmo ano a venda de camisas representou metade do valor recebido pelo merchandising. Você compraria a camisa da Itália eliminada?

Publicidade

LEIA MAIS

Gol que é bom… Qual time ficou mais jogos sem marcar no Brasileiro? Veja a lista
As contas do Brasileirão: título, G-7 e degola; veja as chances do seu time

Flamengo coleciona derrotas fora de casa e está perto do Z-4 como visitante
Ausência da Itália ‘garante’ o Brasil como campeão da Copa do Mundo de 2018
Em noite de Thiago Neves, Cruzeiro volta ao topo do returno do Brasileirão
Mais que um jogo: Grêmio realiza sonho de torcedor com câncer em estágio terminal
#DateRuim: quando as coisas dão errado no esporte
Fred supera Zico na lista de artilheiros do Campeonato Brasileiro; Veja o Top 10