Publicidade

O duelo entre PSG e Real Madrid por Mbappé já tem cara de treta. Diretor do clube francês, Leonardo subiu o tom e atacou o clube espanhol, após declaração de Florentino Pérez, presidente merengue. A briga promete, algo que costuma acontecer no Brasil, na Europa e até entre clubes do País e do Velho Continente.

A treta entre PSG e Real Madrid ainda não acabou. Ele voltou a ficar evidência quando Florentino Pérez prometeu novidades sobre Mbappé para janeiro. Ele até recuou da declaração, mas o estrago já havia sido feito.

Galeria de Fotos

Leonardo partiu para o ataque e criticou a postura do Real Madrid. Esta briga promete. O PSG ainda não jogou a toalha, enquanto o clube merengue aguarda o fim do contrato de Mbappé, que termina em 2022, para dar o bote.

Relacionadas

Mbappé
Messi e Laporta Barcelona
Philippe Coutinho Barcelona

Barcelona x Real Madrid

Publicidade

Por falar em Real Madrid, a rivalidade com Barcelona é aflorada. Um episódio que deu o que falar foi em 2000, quando o clube merengue tirou Figo da Catalunha.

Figo chamado de mercenário por torcedores do Barcelona - Getty Figo chamado de mercenário por torcedores do Barcelona – Getty

Até hoje, a ida de Figo para o Real Madrid é considerada uma das principais transferências, daqueles com toque de polêmica, da história do mercado da bola.

MAIS! Vai dar? Veja 5 motivos que podem tirar o hexa da Seleção Brasileira

Publicidade

Ainda na Espanha, teve treta entre Barcelona e Atlético de Madrid em 2019, por causa de Griezmann. O Atlético acusou o rival de aliciamento e que negociava com o atacante francês antes da diminuição do valor da multa rescisória.

MAIS! Barcelona busca volante no mercado da bola e tem alvos no radar

O Barcelona chegou a ser punido. O valor? Uma multa de 300 euros. Os clubes já fizeram as pazes. Inclusive, o Barça emprestou Griezmann ao Atlético nesta temporada.

Treta Santos x Barcelona por Neymar

Publicidade

Outra negociação do Barcelona que deu o que falar e resultou em treta foi a contratação de Neymar, em 2013. O Santos acionou a Fifa contra o clube espanhol, mas perdeu.

Messi e Neymar Mundial Messi e Neymar no Mundial | Foto: Leandro Amaral / Santos / Divulgação

O Peixe entendia que tinha direito a um valor maior do que recebeu. É que o Barcelona depois atualizou o montante que gastou para contratar Neymar. Na Fifa, levou a melhor sobre o Santos.

MAIS! O centroavante que deve dividir os holofotes com Haaland na janela

Publicidade

A rivalidade entre Corinthians e Palmeiras sempre tem pontos de ebulição. A recente chegada de Róger Guedes, ex-Verdão, acirrou os ânimos. No último clássico, o atacante fez gol. O Timão provocou, fazendo referência à “lei do ex”.

Uma treta que rendeu foi na final do Campeonato Paulista de 2018. O Palmeiras alegou que o jogo teve interferência externa, após ver um pênalti a seu favor ser anulado. Posteriormente, na decisão de pênaltis, o Corinthians levou a melhor.

Flamengo x Palmeiras

Finalistas da Libertadores, Flamengo e Palmeiras vão protagonizar mais um capítulo de uma rivalidade que não para de crescer. O clube paulista já provocou o Fla após a conquista do Brasileiro de 2016 e 2018.

Gabigol se tornou carrasco do Palmeiras (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Publicidade

O Flamengo deu o troco. Gabigol já foi flagrado cantando que o “Palmeiras não tem Mundial”. Além disso, o clube carioca ganhou a Supercopa do Brasil em cima do rival.

Fluminense e Vasco se estranham com frequência desde 2013. A treta é em função do lado da torcida no Maracanã. Após a reforma do estádio para a Copa do Mundo, o Tricolor fechou acordo e garantiu o local que historicamente pertencia ao Gigante da Colina.

Juninho Vasco Juninho deu recado ao Fluminense em clássico de 2013 | Foto: Marcelo Sadio / Vasco / Divulgação

Outra rivalidade que já foi bem acirrada foi entre Athletico-PR e São Paulo. O clube paulista foi acusado de usar influência política para que o adversário não conseguisse mandar o jogo da final da Libertadores, de 2005, na Arena da Baixada. A partida foi para o Beira-Rio. Posteriormente, o São Paulo conquistou o título.

Publicidade

Além disso, o Athletico ficou na bronca com o São Paulo no mercado da bola. O clube paulista tirou Dagoberto e Aloísio do rival.

Comentários