Publicidade

Primeiro reforço do PSG para a temporada, Wijnaldum vive uma situação que não esperava na França. O volante holandês, de 30 anos, soma 502 minutos em campo e passou para a condição de reserva nos últimos jogos.

Wijnaldum deixou o Liverpool, pelo qual era uma peça importante, e chegou ao PSG sem custos de transferências entre clubes. O Paris Saint-Germain deu um balão no Barcelona, que chegou a ter otimismo em contratar o holandês.

Wijnaldum PSG Wijnaldum admite que não está muito feliz com situação no PSG | Foto: Imago Images

– Não posso dizer que esteja completamente feliz. A situação não é a que queria, mas o futebol é assim e terei de aprender a lidar com isso. Sou um lutador, tenho de ser positivo e trabalhar para superar. Joguei muito nos últimos anos e sempre estive em forma. Esta situação é algo diferente e leva algum tempo para acostumar – declarou, ao canal “NOS”.

Relacionadas

Lingard Manchester United
Dembélé Barcelona
João Félix Atlético de Madrid

Publicidade

– Tinha muita vontade de viver esta nova etapa, mas, quando chega, acontece isto. É complicado – acrescentou.

MAIS! Borussia Dortmund já tem nome para repetir o ‘sucesso Haaland’

A concorrência no PSG é grande, mesmo para quem chegou cercado de expectativa, como Wijnaldum. Verratti, Gueye, Danilo Pereira, Paredes e Ander Herrera são outras opções para o meio de campo do clube francês.

Publicidade

A insatisfação de Wijnaldum não é a primeira entre os reforços do PSG. A imprensa europeia já apontou descontentamento de Donnarumma. O goleiro italiano briga pelo posto de titular com Keylor Navas.

Comentários