Publicidade

O PSG perdeu um monte de chances. Só Neymar acertou a trave do Parc dos Princes duas vezes. Mas mesmo assim o time francês se vingou da derrota na final da edição passada e eliminou o atual campeão da Champions League nas quartas de final. O Bayern de Munique ganhou por 1 a 0, mas foi eliminado por conta do gol qualificado como visitante: perdeu na ida por 3 a 2 na Alemanha.

Choupo-Moting sobe para cabecear para o fundo da rede (Foto: Uefa)

Foi visível que o Bayern de Munique sentiu a falta do seu astro, o polonês Lewandovsky, que está lesionado. Mas o time vendeu caro a eliminação. Entretanto o PSG ganha força em busca do título inédito.

LEIA MAIS! Barcelona prepara oferta por Agüero, mas tem concorrência da Juventus

Publicidade

O PSG vai enfrentar o vencedor do embate entre Borussia Dortmund e Manchester City, que duelam nesta quarta-feira na Alemanha. Na ida os ingleses ganharam por 2 a 1. Assim tem a vantagem do empate.

Bayern marcava saída de bola

Neymar se movimentou muito na defesa do Bayern (Foto: Uefa)

O PSG mostrou que não jogaria recuado aos três minutos, quando Mbappé arrancou pela esquerda e chutou cruzado, à esquerda do gol de Neuer. Cinco minutos depois foi a vez de Neymar pegar sobra na área, mas chutar em cima do goleiro alemão.

LEIA MAIS! Assédio de Messi a Neymar deve render ações e protestos no PSG

Publicidade

Mas a partida era equilibrada. O Bayern de Munique marcava sob pressão na saída de bola do PSG, que tinha dificuldades de conseguir os tão sonhados contra-ataques. A estratégia gerou boas chances aos alemães. Aos 25 Sané aproveitou saída errada do PSG e chutou de fora da área, tirando tinta da trave direita do goleiro Keylor Navas. No minuto seguinte foi a vez de Kimmich chutar e assustar o goleiro costarriquenho.

Neymar acertou as traves

Neymar não acredita no grande número de gols perdidos (Foto: Uefa)

Mas quando o contra-ataque do PSG encaixava era um drama para o Bayern. Foi o que aconteceu aos 27 minutos, quando Mbappé invadiu a área e rolou para Neymar. O brasileiro chutou e Neuer fez uma defesa milagrosa. O arqueiro alemão voltaria a atrapalhar os planos de Neymar aos 33 minutos, em chute cruzado defendido em dois tempos.

LEIA MAIS! Rumores sobre Cristiano Ronaldo no PSG ganham força

Publicidade

Aos 36 minutos Neymar fez uma grande jogada, se livrou de dois e deu um toque que surpreendeu Neuer. Mas a bola caprichosamente tocou no travessão. Três minutos depois o brasileiro foi lançado por Mbappé, tirou Neuer do lance, mas voltou a acertar a trave.

Bayern de Munique abriu o placar

Choupo-Moting abriu o placar para Bayern de Munique (Foto: Uefa)

Como quem não faz, leva, o Bayern de Munique se aproveitou e abriu o placar aos 40 minutos. Alaba chutou cruzado, Navas deu rebote e Choupo-Moting cabeceou para o fundo da rede. Antes do intervalo o goleiro do PSG salvou seu time em um chute de Alaba.

LEIA MAIS! Cristiano Ronaldo por Icardi e Kean: Juventus estuda troca com PSG

Publicidade

O segundo tempo começou como terminou o primeiro. Alaba arriscou de fora da área e a bola assustou o goleiro. Mas o PSG também assustava. Aos oito minutos Di Maria recebeu na área, chutou cruzado e Neymar não conseguiu concluir.

PSG administrou o jogo

Neuer teve grande atuação contra o PSG (Foto: Uefa)

O PSG passou a tocar mais a bola, administrando ações. Mas mesmo assim levava chutes, como em chute de Muller e cabeçada de Conan defendidas por Navas.

MAIS! Você lembra que esses brasileiros ganharam a Champions?

Publicidade

Aos 32 minutos o PSG quase trouxe alívio ao seu torcedor. Neymar lançou Mbappé, que penetrou na área e chutou sem chances para Neuer. Mas o impedimento foi corretamente marcado.

Agora o Bayern de Munique vai concentrar as suas atenções na Bundesliga. Líder com 65 pontos, o time visita o Wolfsburg no sábado. Já o PSG, pelo Campeonato Francês, recebe no domingo o Saint-Étienne. O time de Neymar é o vice-líder com 66 pontos, três a menos que o Lille.