Publicidade

Conquistar a Liga dos Campeões pode justamente carimbar o adeus de Neymar do PSG. De acordo com o site “Goal.com”, Nasser Al-Khelaifi, presidente do clube francês, prometeu ao brasileiro que, caso o time ganhe o título do principal torneio europeu nesta temporada, aceita negociá-lo. Ainda segundo o “Goal.com”, Neymar já declarou a amigos que deseja defender o Real Madrid em breve.

Futuro de Neymar movimenta o noticiário do mundo da bola | C. Gavelle / PSG / Divulgação

Jogador mais caro da história (222 milhões de euros), Neymar não tem multa rescisória no contrato, válido até 2022, com o PSG. Desta maneira, o aval do presidente do clube se faz necessário para uma possível saída, até mesmo para estipular um preço de venda.

Leia também

Publicidade

Com a corda no pescoço no Real Madrid, Zidane é acusado de nepotismo
Neymar está insatisfeito com ‘defensivo e violento’ Campeonato Francês
Flamengo mantém 100%, é tetra e entra no ‘pódio geral’ da Copinha
Abel Braga tenta repetir fórmula que já deu certo no Fluminense
Trio do PSG deixa no chinelo o tridente do Real Madrid: duelo vem aí

A promessa de Nasser Al-Khelaifi é também uma estratégia para Neymar não cair de rendimento. Nesta semana, a imprensa europeia declarou que o craque brasileiro está insatisfeito com o Campeonato Francês. Para ele, o torneio é “defensivo e violento”.

Neymar na mira do Real Madrid

O interesse do Real Madrid no craque brasileiro é retratado com frequência pela imprensa europeia. Até mesmo Cristiano Ronaldo, insatisfeito no clube merengue, pode ser usado como moeda de troca ou vendido para aumentar o poderio financeiro da proposta por Neymar.

Publicidade

Bala na agulha não falta ao Real Madrid. O jornal “Marca” noticiou nesta sexta-feira que o clube tem 300 milhões de euros (mais de R$ 1 bilhão) em caixa para investir em reforços. O Real atravessa uma crise nos gramados – distante do Barcelona no Campeonato Espanhol e eliminado na Copa do Rei. As fichas estão depositadas na Liga dos Campeões. O adversário das oitavas de final é justamente o PSG.