Publicidade

O técnico Pep Guardiola dá sinais de não ter se convencido de que o Manchester City ficou de fora da final da Champions League. Além disso parece estar disposto a provocar o rival Liverpool. Nesta sexta-feira, a dois dias da rodada final da Premier League, ele disse que é mais difícil ser campeão inglês do que da Liga dos Campeões.

Guardiola Manchester City Guardiola não engoliu queda na Champions | Foto: Laurence Griffiths/Getty Images

O Manchester City lidera a Premier League com 90 pontos, um a mais que o Liverpool. Neste domingo o time de Guardiola vai ser campeão caso conquiste um simples triunfo diante do Aston Villa no Estádio Etihad, em Manchester. Caso o Manchester City tropece, que pode ficar com a taça é o Liverpool, segundo colocado com um ponto a menos. O time de Anfield também joga em casa contra um Wolverhampton que, com 51 pontos, também cumpre tabela. Mas tudo caminha para o City. Assim Guardiola provoca.

– A Premier League é mais difícil do que a Champions League. São muitas semanas, muitos jogos, muitas lesões, bons e maus momentos, situações diferentes… O sucesso está lá nos últimos anos. Lutar pela Premier dá sentido ao dia a dia no vestiário – disse ele em entrevista coletiva.

Relacionadas

Pogba Manchester United
Bale Real Madrid 230821
Mbappé

Publicidade

Além de valorizar a Premier League, ele minimizou a Champions League, que será decidida em Paris, no dia 28 de maio, em uma final entre Liverpool e Real Madrid.

– Não estou dizendo que a Liga dos Campeões não é importante. Adoraríamos estar em Paris na próxima semana, mas ganhar 38 jogos é diferente de ganhar 6 ou 7, embora seja sempre bom. Assim eu penso – minimizou ele.

A rivalidade entre Manchester City e Liverpool deu o tom desta temporada na Inglaterra. Pelo Manchester City Guardiola nunca ganhou a Champions League. O máximo que conseguiu foi um vice na edição passada, quando o time caiu para o Chelsea na decisão. Mas ele segue tentando e vai permanecer no clube. Assim pode mudar de opinião em breve. Mas será que vai?

Comentários