Publicidade

Imagina encontrar em um clube da Ucrânia um brasileiro que sabe falar russo e pode te ajudar a se adaptar ao clube. Esta é a realidade da legião de jogadores brasileiros que hoje defendem as cores do Metalist. O clube ucraniano conta em sua comissão técnica com Anderspn Ribeiro, primeiro brasileiro a jogar no clube e que atualmente integra com sucesso a comissão técnica do time.

Anderson jogou no clube em 2004. Mas depois disso teve outras experiências antes de voltar ao Metalist. Assim que encerrou sua trajetória dentro dos gramados, Anderson Ribeiro criou o projeto “Aperfeiçoar +”. Assim o desenvolveu inicialmente na categoria de base do EC Cruzeiro e Atlético Clube Sul Brasil, ambos do Rio Grande do Sul. Com o sucesso do projeto, em junho de 2019 Anderson chamou a atenção do Riga Football Club, equipe da Letônia. Em dezembro do mesmo ano ganhou seu primeiro título como auxiliar técnico. O segundo caneco veio ainda em 2020, também na Letônia. Assim o Metalist lembrou do ex-jogador e o trouxe para a comissão técnica, onde deu a volta olímpica em 2021.

Anderson Ribeiro faz sucesso na Ucrânia (Foto: Makki/FC Metalist)

Anderson lembra das dificuldades que encontrou no começo do projeto.

Publicidade

– O iníco foi complicado, foi difícil como jogador, e também foi como auxiliar técnico, mas sempre soube do potencial e qualidade do meu projeto. Hoje consigo colocá-lo em prática aqui no Metalist, que foi o clube que joguei em 2004, inclusive, eu fui o primeiro brasileiro a atuar pelo time. Poder voltar aqui e já de início conquistar o acesso e título na terceira divisão na temporada passada e agora, estar na caminhada para o acesso à elite ucraniana é, além de desafiador. Mas muito gratificante – comenta Anderson.

Metalist lidera na Ucrânia

A competição, que teve início no final de julho e com quatro partidas já disputadas, tem como líder da competição o time de Anderson Ribeiro. O auxiliar explica que o início proveitoso dá um gás nos jogadores e uma confiança a mais para a comissão técnica.

– Entramos em campo no último sábado, pela quarta rodada, e já é nossa quarta vitória seguida. Doze pontos merecidos e gols necessários para ficarmos na liderança da competição, foram 11 gols marcados, média de quase três por partida, espero que a gente siga com esse desempenho, que a gente conquiste o nosso objetivo de subir para a elite e eu, individualmente falando, meu quarto título consecutivo com auxiliar, implementando o meu projeto de treinamento – disparou.

Publicidade

MAIS! Arsenal define possíveis técnicos com medalhão na lista

O time também tem em seu elenco os brasileiros Mailton, ex-Atletico-MG, Jô, ex-Pelotas-RS e o recém apresentado Matheus Peixoto, que passou pelo Juventude. Além disso temn como um dos destaques o colombiano Bryan Riascos, que estava no Nacional de Portgal.

– Além do meu trabalho como auxiliar, também tenho a missão de auxiliar esses brasileiros e sul-americanos que chegam ao Metalist. Como falo russo, ajudo na adaptação à cidade, ao idioma, cultura e, o principal, criar condições para que eles possam demonstrar facilmente o seu nível de futebol – finalizou ele.

Relacionadas

Publicidade

O Metalist joga novamente na quarta-feira, às 11h (horário do Brasil) diante do Yarud, na cidade de Mariupol, pela Copa da Ucrânia e terá transmissão pelo canal do FC Metalist, no youtube. Será a primeira partida da equipe nesta competição. Assim luta para começar com o pé direito.

Comentários