Publicidade

A derrota, em casa, para o rival Sporting aumentou a pressão para cima do técnico Jorge Jesus no Benfica. O técnico português viu pedidos para sair do clube no Estádio da Luz. A torcida não anda muito satisfeita com Jesus, sonho de consumo do Flamengo.

O técnico tratou de defender a temporada do Benfica e não se aprofundou sobre os protestos dos torcedores no Estádio da Luz.

Jorge Jesus Benfica Champions League Torcida do Benfica na bronca com Jesus | Foto: Uefa

– Não podemos esquecer o que o Benfica está fazendo, na Champions, por exemplo, onde tem chances de se classificado com um rival como é o Barcelona, assim como no campeonato, onde, com esta derrota, estamos a quatro pontos de distância. Não digo que esta reação seja normal, porque o Benfica não está habituado a perder, muito menos eu que em 16 ou 17 jogos com o Sporting perdi dois ou três. Mas repito: não é um jogo que resume este início de temporada – declarou Jorge Jesus.

Relacionadas

Darwin Núñez Benfica
Mbappé PSG
Dembélé Barcelona

Jorge Jesus aponta o peso da derrota

Publicidade

O técnico larga com uma derrota pesada em dezembro. O mês reserva o jogo decisivo com Dínamo de Kiev, pela Champions League, e dois clássicos com o Porto. Jesus já mira a reação.

Cristiano Ronaldo alcança novo feito na carreira: ‘801 gols e contando’

– O rival ganhou na nossa casa, ninguém estava preparado para isto, nem os torcedores, nem a equipe. Temos de saber lidar com isso, pois na quarta-feira temos uma decisão de Champions. Não vão ser horas fáceis, mas temos de recuperar a equipe e queremos conquistar os torcedores. Não é um jogo que a equipe vai deixar de acreditar naquilo que faz. A diferença esteve na eficácia, não lhes tiro mérito. Já dei os parabéns ao Sporting. Não é fácil digerir a derrota, mas temos de pensar já no próximo jogo, que é muito importante – acrescentou Jesus.

Comentários