Publicidade

O futebol chinês chamou a atenção no fim de semana. Mais precisamente a Segunda Divisão do país. Isso porque o Zibo Cuju inovou no duelo contra o Sichuan Jiuniu, clube que pertence ao grupo que é dono do Manchester City. Tudo por causa dos caprichos do milionário He Shihua, que comprou recentemente o clube,

Ao chegar ao clube He Shihua exigiu que o técnico Hongyi Huang escalasse o seu filho, que pesa 126 quilos e é obeso. O treinador se mostrou contrariado, mas acatou o pedido do novo patrão. Entretanto os caprichos não pararam por aí.

Presidente do clube, com a camisa 10, entra em campo. Mas não mudou o placar do jogo (Foto: Twitter)

He Shihua, que se inscreveu como atleta na competição, quis entrar em campo no segundo tempo do jogo contra o Sichuan Jiuniu. Ele substituiu um companheiro faltando poucos minutos para terminar o confronto, que ficou no 0 a 0.

MAIS! Real Madrid tem lista de jogadores negociáveis

Publicidade

Os desmandos do presidente do clube são notícias na China desde que ele comprou o Zibo Cuju. Não por acaso o time é o lanterna da Segunda Divisão da China com apenas um pon to conquistado após 15 rodadas.

Filho do presidente joga. Mas não deve participar dos treinos físicos (Foto: Twitter)

Comentários