Publicidade

O Barcelona deixou a rivalidade com o Real Madrid de lado e atacou o PSG no “caso” Mbappé. Presidente do Barça, Joan Laporta se posicionou contra o clube francês e o dinheiro investido para evitar que o astro fosse para a Espanha.

Embora os valores não tenham sido divulgados, há relatos de que o PSG vai pagar 300 milhões de euros (R$ 1,5 bilhão) só de luvas para Mbappé. Laporta sobe o tom das críticas ao clube francês. La Liga já havia se posicionado contra o Paris Saint-Germain.

Mbappé Barcelona PSG Mbappé continua no PSG | Foto: BERTRAND GUAY/AFP via Getty Images

– Isto distorce o mercado. Os jogadores são sequestrados pelo dinheiro. Isto vai contra todos os princípios da União Europeia. É uma reflexão sobre a sustentabilidade do futebol na Europa. Há um rival direto que não fica mais forte e preferimos isso a nível de competição, mas tenho de pensar na sustentabilidade do futebol – declarou Laporta, ao “l’Esportiu”.

Relacionadas

Rafael Leão Milan
Robert Lewandowski

Publicidade

Laporta ainda alfinetou a Uefa e puxou brasa para a sardinha dele, sugerindo que La Liga flexibilize as normas. O Barcelona vem sofrendo com a política salarial existente na Espanha.

Barcelona, Bayern de Munique e PSG estão de olho em Sadio Mané

– Que as regras sejam respeitadas. Que não haja períodos de carência com certos países enquanto aqui não podemos ter fair play suficiente para fazer transações. A solução é que La Liga seja mais flexível em termos de fair play e que esses clubes não tenham os privilégios que têm da Uefa. Permitem que façam coisas que não são aceitáveis e que os outros não têm – completou.

Comentários