Publicidade

O consórcio liderado pelo empresário norte-americano Todd Boehly avançou mais uma casa para sacramentar a compra do Chelsea. Nesta terça-feira, a Premier League emitiu um comunicando dando aval para a operação.

Responsável por organizar e regular o Campeonato Inglês, a Premier League deu aprovação ao bilionário após um teste de idoneidade. Assim, o Chelsea está cada vez mais perto de ter um novo dono.

Thomas Tuchel Chelsea Com novo dono, Tuchel vai poder planejar próxima temporada | Foto: Julian Finney/Getty Images

Agora, falta o sinal verde definitivo do Reino Unido. O consórcio de Todd Boehly vai comprar o Chelsea por 4,6 bilhões de euros (R$ 23,5 bilhões). O clube inglês está perto de superar um momento turbulento.

Relacionadas

Aurélien Tchouaméni
Robert Lewandowski
Raphinha
Antonio Conte Tottenham

Publicidade

Roman Abramovich colocou o Chelsea à venda e ainda sofreu sanções do Reino Unido. Ele é próximo do governo russo. Com a invasão à Ucrânia, Abramovich virou alvo na Inglaterra.

Bayern de Munique completa chapéu no Barcelona e anuncia lateral-direito

A punição respingou no Chelsea, que ficou proibido de contratar, vender ou de renovar com jogadores. O clube inglês precisou conviver com toda esta indefinição nos últimos meses. Agora, a troca de donos está perto de ser concretizada.

Comentários