Publicidade

“Para Hazard é um momento delicado, mas ele é um jogador forte”, disse Zidane, técnico do Real Madrid, sobre o mais recente revés de Eden Hazard. O jogador testou positivo para o Coronavirus em um ano para esquecer. É a infindável seqüência de problemas do belga, que não consegue normalizar sua vida de jogador desde novembro de 2019.

Já em novembro de 2020, o meio-campista do Real Madrid está no mesmo ponto de há um ano: parado e sem poder jogar. Agora não é uma lesão, mas o Covid, que em princípio o manterá afastado dos gramados por cerca de duas semanas.

Hazard chegou ao Real Madrid em 2019 Hazard chegou ao Real Madrid em 2019 – Divulgação

Em todo esse tempo, Hazard não conseguiu disputar quatro jogos seguidos. Os três que ele atuou depois de seu último retorno ao campo, em 27 de outubro contra o Borussia Monchengladbach, são um recorde nesse período. Antes, era impossível para ele jogar três jogos seguidos.

Leia também

Publicidade

Vem aí um duelo galáctico por Haaland. Só aguardar!

Liverpool quer blindar Diogo Joga de comparações com Cristiano Ronaldo

Os números de Hazard desde o início de sua provação particular é de apenas 12 jogos pelo Real Madrid, mas nenhum pela Seleção da Bélgica. Houve três convocações nesse mesmo período. No entanto, agora estava aberta a porta para voltar a jogar pelo time do seu país, mas vem a Covid-19 e o derruba.