Publicidade

A incrível goleada do Paris Saint-Germain sobre o Rennes, por 6 a 1, no domingo, não mostra apenas a força do PSG. Neymar cada vez mais sedimenta seu papel como sucessor de Ronaldinho Gaúcho, também ídolo do PSG e do Barcelona.

Não dá para contestar Ronaldinho, nem dá para negar a eficiência de Neymar Não dá para contestar Ronaldinho, nem dá para negar a eficiência de Neymar

Ronaldinho Gaúcho atuou entre 2001 e 2003 no Paris Saint-Germain. Vestiu a camisa do time francês oficialmente em 86 oportunidades, marcando 25 gols.

Neymar, com “alegria e ousadia”, já tem média de 0,90 gols por jogo. Com os dois marcados em cima do Rennes, chegou aos 19 em 21 partidas. Significa que vai superar Ronaldinho Gaúcho com folga. Neymar chegou ao Paris Saint Germain em agosto do ano passado.

Publicidade

Leia também

Philippe Coutinho amplia tradição brasileira no Barcelona
Philippe Coutinho é o segundo jogador mais caro da história: veja o Top 10
Independência da Catalunha pode tirar Messi do Barcelona de graça
Joia do Fluminense desembarca em Lisboa para exames no Sporting
PSG se movimenta em busca do sonho de contratar Cristiano Ronaldo

No Barcelona…

A passagem de cada um deles entrou para a história do clube catalão. Se por um lado atuou ofuscado por Messi, nem por isso Neymar deixou de brilhar. Deixou o Barcelona após 186 partidas, marcando 105 gols. Ronaldinho, à sua época principal estrela do time, jogou 207 vezes, marcando 94 gols.

Publicidade

Sem desmerecer o talento impressionante de Ronaldinho Gaúcho, a verdade é que Neymar prima também pela eficiência.