Publicidade

Do Uruguai aos Emirados Árabes Unidos. O Palmeiras, ao vencer a Libertadores sobre o Flamengo, carimbou o passaporte para o Mundial de Clubes, que será em fevereiro, no Oriente Médio. O destino já está traçado. E o Palmeiras pode se deparar com o Chelsea, campeão da Champions League, pela frente.

Na semifinal, o Palmeiras vai enfrentar o vencedor do duelo entre Al Ahly, do Egito, e Monterrey, do México. O Chelsea, por sua vez, espera quem passar de Al Hilal, da Arábia Saudita, contra o vencedor de Al Jazira x Auckland City.

Galeria de Fotos

A expectativa, claro, fica para um duelo entre os campeões da Libertadores e da Champions League. Ou seja, um Palmeiras x Chelsea. O que o Verdão pode esperar do rival?

Relacionadas

Mbappé PSG
Dembélé Barcelona

Publicidade

Bem, em primeiro lugar, a questão será saber a importância e o foco dado pelo Chelsea ao Mundial. O fato de ser em fevereiro, caminhando para o fim da temporada europeia, pode fazer com que o clube inglês não dê tanta bola assim ao torneio.

Thomas Tuchel Chelsea Tuchel comanda um supertime | Foto: Clive Rose/Getty Images

Por outro lado, é um título que o Chelsea não tem – perdeu em 2012 para o Corinthians. Sendo assim, pode ter uma mobilização pelo torneio, superando o problema de calendário que irá proporcionar aos ingleses.

Palmeiras de olho: Chelsea impressiona

Foco à parte, o Palmeiras pode esperar por um dos melhores times do mundo. Embora não seja tão badalado como PSG, Manchester City ou Bayern de Munique, o Chelsea é de colocar medo.

Lukaku Chelsea Lukaku é uma das armas do Chelsea | Foto: Imago Images

Publicidade

O Chelsea é o vice-líder da Premier League. A característica que mais chama atenção é a solidez. Nesta temporada, em 23 jogos, o time de Thomas Tuchel só levou 13 gols. Esta será o grande desafio do Palmeiras: machucar o time inglês.

Dortmund está de olho em craque de Jorge Jesus para o lugar de Haaland

O sistema defensivo do Chelsea chama atenção. O time só sofreu mais de um gol em um jogo uma única vez, neste sábado, quando perdeu por 3 a 2 para o West Ham. A equipe sabe muito bem se defender e fica confortável na situação.

Publicidade

Cristiano Ronaldo alcança novo feito na carreira: ‘801 gols e contando’

E também sabe como ferir os rivais. São 48 gols em 23 jogos. O Chelsea é equilibrado até na divisão dos gols. Reece James e Mason Mount têm cinco, um a mais do que Lukaku, Havertz e Jorginho. E tem uma turma com três também.

Tem ponto fraco?

Por falar no poder de fogo, Lukaku impõe respeito. É difícil ganhar no corpo do centroavante belga. E não faltam opções para abastecê-lo. O Palmeiras vai ter um trabalhão.

Publicidade

E ponto fraco, tem? Difícil apontar. A receita para o Palmeiras passa por apostar na velocidade e no contra-ataque. Uma alterativa é explorar o lado esquerdo e buscar as costas e os avanços de Reece James, que sobe muito ao ataque.

Um ataque sem referência, com a velocidade de Rony e Dudu, pode dar trabalho ao Chelsea, principalmente se forçar em cima de Christensen ou Thiago Silva, que não têm a explosão de Rüdiger.

Comentários