Publicidade

A possibilidade de a Premier League ser paralisada por conta do surto de Coronavírus em alguns clubes é real. A imprensa inglesa vem destacando o fato. O torneio pode ficar cerca de duas semanas sem bola rolando para ver se os efeitos da pandemia se reduzem. Mas este é o último recurso.

Gabriel Jesus, de bico, manda a bola para o fundo da rede do Liverpool Premier League corre risco de paralisação (Foto: CLIVE BRUNSKILL/POOL/AFP via Getty Images))

A experiência com a temporada passada se estendendo até agosto de 2020 e com a nova temporada começando alguns dias depois fez com que os europeus nem pensem em falar em uma nova paralisação do futebol no Velho Continente. Recentemente a Itália chegou a vventilar uma nova parada, mas a pressão dos clubes evitou que o Calcio ficasse sem bola rolando.

LEIA MAIS! Messi não esconde motivos que o fazem querer deixar o Barcelona

Publicidade

No caso da Premier League o assunto ganhou relevância na segunda-feira, após o duelo entre Manchester City e Everton ser adiado por conta de um surto de Covid-19 no time liderado por Pep Guardiola. Ao toto 14 pessoas do clube, entre funcionários, membros da comissão técnica e jogadores, testaram positivo. Dentre eles o atacante brasileiro Gabriel Jesus. Além disso interditaram o centro de treinamento.

Patrocinadores contra paralisação da Premier League

Roberto Firmino tem a sombra do jovem Diogo Jota no Liverpool Liverpool lidera a Premier League (Foto: Shaun Botterill/Getty Images)

Patrocinadores e vários clubes pressionam para que a paralisação não aconteça. Eles querem que ela seja o último recurso da Premier League. Os clubes envolvidos em outras frentes, como Liga Europa e Champions League, são os que mais repudiam uma nova parada. Isso porque não querem enfrentar uma maratona mais na frente.

LEIA MAIS! Diego Costa rescinde com Atlético de Madrid e fica livre no mercado da bola

Publicidade

Nas próximas horas uma série de reuniões deverá acontecer, mas a decisão deve ficar mesmo para o começo de janeiro. Os que são contra uma paralisação acreditam que a vacinação, que já começou no Reino Unido, possa surtir um efeito positivo logo no começo do ano, evitando assim a parada do torneio. Atual campeão o Liverpool lidera o Campeonato Inglês com 32 pontos conquistados. Mas a competição está equilibrada.