Publicidade

"Que noite!", diz a publicação no perfil do Lanús, logo após a partida (Reprodução) “Que noite!”, diz a publicação no perfil do Lanús, logo após a partida (Reprodução)

A vitória do Lanús sobre o River Plate na terça-feira, por 4 a 2, graças à intervenção do árbitro de vídeo, é um dos temas mais falados nesta manhã de quarta-feira. Não à toa, afinal, estava em jogo uma vaga na final da Libertadores da América. O diário Olé, da Argentina, tomou partido do River e o presidente do Lanús, Nicolás Russo, respondeu à altura para aqueles que reclamaram da arbitragem:

“Para chorar existe a igreja”.

A manchete do diário Olé, da Argentina, sobre o jogo desta terça-feira (Reprodução) A manchete do diário Olé, da Argentina, sobre o jogo desta terça-feira (Reprodução)

Publicidade

Absolutamente todas as críticas vindas do River em relação ao resultado caíram sobre a arbitragem. Sobretudo no colo do árbitro de vídeo. No confronto, o responsável pela análise dos lances pelo vídeo era o brasileiro Sandro Meira Ricci, fato curiosamente “esquecido” pelos argentinos. Ainda mais considerando a grande probabilidade de o Grêmio estar na final.

Essa não é a primeira vez que Sandro se envolve em polêmica. Puxamos a memória e destacamos alguns lances envolvendo o árbritro. Confira.

O Fla x Flu da confusão com o lance do Henrique (Foto: Divulgação Flamengo) O Fla x Flu da confusão com o lance do Henrique (Foto: Divulgação Flamengo)

Em outubro de 2016, Sandro Meira Ricci roubou a cena num Fla x Flu, válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Flamengo venceu por 2 a 1 o confronto, sendo que o árbitro anulou um gol de Henrique, após hesitar duas vezes.

Publicidade

No início, o assistente anulou o gol, Meira Ricci foi cercado pelos tricolores e voltou atrás. Depois os flamenguistas cercaram o árbitro até que, por fim, Sandro Meira Ricci apontou o impedimento de Henrique.

CRB x Paysandu e o gol de Emerson, não validado pelo árbitro (Reprodução) CRB x Paysandu e o gol de Emerson, não validado pelo árbitro (Reprodução)

Em jogo válido pela Série B do Brasileirão, uma jogada bizarra colocou Sandro Meira Ricci novamente em evidência. O árbibro invalidou gol no qual Emerson tentou reposição e a bola bateu nas costas de Zé Carlos e foi para gol O placar foi CRB 2×2 Paysandu.

O flagra da 'dedada' em Cavani, que custou suspensão e multa ao chileno Jara (Reprodução) O flagra da ‘dedada’ em Cavani, que custou suspensão e multa ao chileno Jara (Reprodução)

Lembra dessa? Aconteceu na Copa América de 2015, sendo que a TV exibiu a imagem para quem quisesse ver. Sandro Meira Ricci ignorou ‘dedada’ de Jara em Cavani, e expulsou só o uruguaio. O jogo foi válido pelas quartas de final da competição, no mês de junho.

Publicidade

A falha de Sandro foi corrigida pela Conmebol, que suspendeu o zagueiro chileno por três partidas e ainda o multou em 7,5 mil dólares (cerca de R$ 23,5 mil).

Neymar pegou pesado no Twitter e ganhou multa, após atacar Sandro Meira Ricci (Foto: Montagem Internet) Neymar pegou pesado no Twitter e ganhou multa, após atacar Sandro Meira Ricci (Foto: Montagem Internet)

No Brasileirão de 2010, indignado com a atuação de Sandro Meira Ricci na derrota do Santos para o Vitória, Neymar apelou às redes sociais. Publicou em seu perfil no Twitter “juiz ladrão, vai sair de camburão”.

Neymar levou a pior, sendo condenado no ano seguinte a pagar R$ 15 mil de indenização ao árbitro, por ofensas. A revolta aconteceu depois da marcação de um pênalti de Edu Dracena. Minutos após a publicação, o texto foi apagado.

Deu dois amarelos para o mesmo jogador!?!

Eleito o melhor árbitro da Série A do Campeonato Brasileiro em 2010 e recém-promovido ao quadro da Fifa, Sandro Meira Ricci deu dois amarelos ao mesmo jogador (Reprodução) Eleito o melhor árbitro da Série A do Campeonato Brasileiro em 2010 e recém-promovido ao quadro da Fifa, Sandro Meira Ricci deu dois amarelos ao mesmo jogador (Reprodução)

Publicidade

No Candangão de 2011, o Campeonato Brasiliense, Ricci deu dois amarelos para o mesmo jogador e não o expulsou no empate por 1 a 1 entre Brasiliense e Formosa. Pode isso, Arnaldo?

Erro tirou Sandro Meira Ricci de jogos do Cruzeiro (Foto: Reprodução TV) Erro tirou Sandro Meira Ricci de jogos do Cruzeiro (Foto: Reprodução TV)

Esse o Cruzeiro sentiu na pele, mas o castigo veio a cavalo. No Brasileiro de 2010, pênalti duvidoso sobre Ronaldo que deu vitória ao Corinthians sobre a Raposa. Esse erro fez Ricci não apitar jogos do Cruzeiro por anos.

Leia também:

Publicidade

Você sabia que o Real já disse “não” a Daniel Alves? Saiba como foi
Dois pênaltis perdido no mesmo jogo? Diego Souza repete ‘feito’ de outros famosos
Líder do 1º turno e na degola no returno: o ‘duas caras’ Corinthians
Oito coisas no futebol que nos tiram do sério

Kannemann, Nadal, Adriano… ritual, manias e superstições no esporte
A corrida pelo posto de ‘Carrasco dos clássicos’ em 2017
Expulsões, polêmicas e confusões: bolas fora de Neymar na carreira

Era Tite na Seleção Brasileira: 60 jogadores já foram chamados; Veja a lista