Publicidade

O Qatar é logo ali para a Seleção Brasileira. A vaga para a Copa do Mundo de 2022 é uma questão de tempo. O Brasil sobra nas Eliminatórias, apesar de não apresentar um futebol que empolgue. Além de recuperar o brilho, Tite ainda precisa encontrar nomes para algumas posições que continuam em aberto. A um pouco mais de um ano para o Mundial, tem uma turma que pode buscar um lugar na Seleção.

O técnico do Brasil conta com jogadores que, dentro de um cenário natural (sem lesão), têm tudo para estar na Copa, como Neymar, Casemiro, Marquinhos, Alisson, entre outros. Aqueles que formam a espinha dorsal do time e das convocações.

Galeria de Fotos

Entretanto, o Brasil tem lacunas, vamos colocar assim. Na zaga, por exemplo, há uma vaga em aberto, visto que Marquinhos, Thiago Silva e Éder Militão estão mais do que consolidados. As laterais são motivo de dúvida, enquanto o posto de segundo volante ainda não tem um nome incontestável. Tite também pode buscar um meia, além da concorrência pelas pontas.

Relacionadas

Neymar Seleção Brasileira
Tite

Publicidade

Neste cenário, tendo em mente os nomes que Tite levou nesta Data-Fifa tripla e o contexto que envolve a Seleção Brasileira, uma lista de jogadores pode buscar carimbar o passaporte para o Qatar. O técnico, inclusive, já declarou que trabalha com um universo considerável de atletas no radar.

Eles podem sonhar com a Copa do Mundo

Para a zaga, Rodrigo Caio, do Flamengo, é um nome que agrada a Tite. As lesões têm atrapalhado. Entretanto, pode sonhar em ir à Copa do Mundo. Léo Ortiz foi chamado na Copa América. O defensor do Bragantino está no radar. A medalha de ouro olímpica e a consistência no Fluminense são trunfos de Nino. Quem também tem chances é Samir, da Udinese. Já foi lembrado pelo técnico. Há um nome experiente que pode correr por fora: David Luiz.

 

David Luiz Flamengo David Luiz corre por fora | Foto: Marcelo Cortes / Flamengo / Divulgação

Publicidade

A briga pela lateral direita está aberta. Gabriel Menino, do Palmeiras, já foi chamado por Tite. O jovem Vanderson, do Grêmio, vem chamando atenção, assim como Guga, do Atlético-MG, e nome de destaque no cenário nacional. Já Dodô, do Shakhtar Donetsk, é um jogador que pode ser testado.

MAIS! Craque brasileiro já aparece na mira do novo rico Newcastle

A lateral esquerda provoca ainda mais dúvida. Renan Lodi, do Atlético de Madrid, perdeu espaço, mas continua como um nome forte na concorrência pelo setor. Alex Telles, do Manchester United, é outra possibilidade. Outros nomes podem buscar espaço com Tite, como Jorge (Palmeiras), Wendell (Porto) e Caio Henrique (Monaco).

Alex Telles Manchester United Seleção Alex Telles | Foto: Laurence Griffiths/Getty Images

A briga pelo meio e ataque na Seleção

Publicidade

Para o meio de campo, Andreas Pereira, do Flamengo, vem chamando atenção e pode entrar na briga por uma vaga de segundo volante. Bruno Guimarães, do Lyon, é mais um concorrente, assim como Allan, do Everton. Já Claudinho, do Zenit, é uma alternativa para ser o meia criativo, além de ser versátil e atuar na ponta.

Claudinho Zenit Malmo Champions League Seleção Claudinho está na corrida| Foto: Uefa

As possibilidades para as pontas são consideráveis. Lucas Moura é um nome importante no elenco do Tottenham, enquanto Bruno Henrique se destaca pelo Flamengo. São nomes experientes para o setor. Os jovens também estão na “fila”, como Rodrygo (Real Madrid), Malcom (Zenit), David Neres (Ajax) e Everton Cebolinha (Benfica).

E também há espaço para centroavante. Matheus Cunha, do Atlético de Madrid, é um nome que ganha força no cenário da Seleção Brasileira. É mais um campeão olímpico que quer ir ao Mundial. Quem também pode sonhar é Pedro, do Flamengo. É um goleador que agrada a Tite.

Comentários