Publicidade

A amizade ficou de lado por um pouco mais de 90 minutos. Eles sabiam que apenas um poderia sorrir. E o sábado foi de Messi, que levou a melhor sobre o amigo Neymar. A Argentina venceu o Brasil e conquistou a Copa América. As reações dos craques mostram bem o sentimento de duas feras.

Os dois craques tiveram uma atuação discreta. Messi chegou a se enrolar e perder a chance de fazer o segundo gol. Não fez falta. O golaço de Di María, no primeiro tempo, foi suficiente.

Neymar choro Neymar não segura as lágrimas com o vice | Foto: Conmebol / Divulgação

Neymar, por sua vez, também não brilhou. Ele tentou, mas não se criou contra a zaga argentina – foi parado algumas vezes com falta. No melhor momento dele, deu um bolão para Richarlison, que desperdiçou a oportunidade.

Relacionadas

Messi taça
Messi Brasil x Argentina Copa América

Publicidade

Quando o árbitro apitou pela última vez, Messi desabou no gramado. Foi o retrato de um peso que maltratava o craque. Ele foi campeão pela primeira vez com a seleção principal. Ele, porém, não ficou no chão por muito tempo. Rapidamente os jogadores pularam em cima dele. O título também foi por ele. Messi, na sequência, foi jogado para o alto, naquela comemoração tradicional, normalmente para técnicos, mas ele é especial. Ficou evidente que o grupo queria tanto a conquista também pelo astro.

Messi Argentina A festa para o gênio: Messi é ovacionado no Maracanã | Foto: Conmebol / Divulgação

O abraço entre Neymar e Messi

Enquanto um fazia festa, Neymar chorava. O craque brasileiro não escondeu a tristeza e precisou ser consolado. Nesta Copa América, o astro evidenciou o orgulho de vestir a camisa da Seleção e como buscava o título. Inclusive, era a final que ele queria. Não deu. Era o dia do amigo, parceiro da época de Barcelona.

Publicidade

No fim, eles se encontraram. Dois craques. Dois amigos. O abraço sincero mostrou a grandeza de Neymar e Messi. Só um poderia sorrir. Foi o argentino.

Comentários