Publicidade

Foi sofrido. Com um futebol pobre a Seleção Brasileira sofreu para derrotar a Venezuela por 3 a 1 na noite desta quinta-feira, em Caracas, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, que acontecerá no Catar. Após sair perdendo os canarinhos conseguiram a virada, graças a gols de Marquinhos, Gabigol e Anthony.

Com o resultado o Brasil manteve os cem por cento de aproveitamento e chegou a 27 pontos, oito a mais que a segunda colocada Argentina. A Venezuela, eliminada, segura a lanterna com quatro pontos.

Marquinhos sobe para marcar o golo do Brasil (Foto: Reprodução TV)

A Seleção Brasileira volta a campo no domingo para uma pedreira fora de casa. Visita a Colômbia em Barranquilla, às 18h(de Brasília). Um pouco mais cedo, às 17h30(de Brasília), novamente em Caracas, a Venezuela recebe o Equador.

Venezuela surpreendeu logo de cara

Ramírez comemora o gol da Venezuela (Foto: FVF)

Publicidade

Logo aos seis minutos Gabigol chutou de fora da área e a bola passou à esquerda do goleiro Graterol. Tudo indicava que o Brasil mandaria no jogo. Mas a história começou a mudar aos 11 minutos, quando a Venezuela abriu o placar e surpreendeu a todos. Soteldo cruzou da direita, Fabinho escorregou e Ramírez cabeceou sem chances para o goleiro Alisson.

MAIS! Haaland ignora esforços do Borussia Dortmund 

O Brasil sentiu o golpe e demorou a se organizar. Tanto que só voltou a assustar aos 21 minutos. Éverton Ribeiro recebeu lançamento de Paquetá e tentou tocar para Gabigol. A bola desviou na zaga e tocou no travessão.

Sob pressão o Brasil errava muitos passes e dava sorte porque a falta de qualidade do adversário o impedia de aproveitar os espaços nos contra-ataques. Assim o primeiro tempo se arrastou sem mudanças.

Brasil buscou o empate na jogada aérea

Brasil sofreu com a marcação da Venezuela (Foto: Reprodução TV)

Publicidade

Se o Brasil não conseguia criar, resolveu insistir na jogada aéra no segundo tempo. E deu certo. Aos 11 minutos o VAR impediu o gol em cabeçada de Thiago Silva. O zagueiro estava impedido na conclusão da jogada. Mas aos 25 minutos o Brasil conseguiu a igualdade. Raphinha cobrou escanteio e Marquinhos mandou para o fundo da rede.

Relacionadas

Salah Liverpool

Foi a senha para a Seleção Brasileira buscar o ataque. Mas era impressionante a dificuldade de criação de um time que não conseguia se organizar.

Mesmo assim aos 40 minutos veio a virada. Após contra-ataque, Vinicius Júnior chutou, o goleiro deu rebote e Gabigol foi derrubado antes de mandar a bola para a rede . O árbitro peruano Kevin Ortega sequer precisou do VAR para confirmar a penalidade.  Gabigol converteu. Assim tranquilizou o time.

Publicidade

Já nos acréscimos Anthony aproveitou cruzamento da direita e escorou para a rede, definindo o placar.

FICHA TÉCNICA
VENEZUELA 1 X 3 BRASIL

Local: Estádio Olímpico de la UCV, em Caracas (Venezuela)
Data: 7 de outubro de 2021, quinta-feira
Hora: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Kevin Ortega (Per)
Assistentes: Michael Orue (PER) e Jesus Sanchez (PER)
VAR: Eber Aquino (PAR)
Cartões amarelos: Bello e Hernández (Venezuela) e Marquinhos (Brasil)
Gols:
VENEZUELA: Ramírez aos 11 minutos do 1º Tempo
BRASIL: Marquinhos aos 25, Gabigol aos 40 e Anthony aos 50 minutos do 2º Tempo

Publicidade

VENEZUELA: Graterol, Hernández, Ferraresi, Mejías (Chancellor) e Óscar González; Rincón (Moreno), José Martínez (Castillo), Machís (Córdova) e Soteldo; Peñaranda (Bello) e Ramírez
Técnico: Leonardo González
BRASIL: Alisson, Danilo (Emerson), Marquinhos, Thiago Silva e Guilherme Arana (Alex Sandro); Fabinho, Éverton Ribeiro (Raphinha), Gérson e Lucas Paquetá  (Vinicius Júnior); Gabigol e Gabriel Jesus (Anthony)
Técnico: Tite

Comentários