Publicidade

Neymar já reclamou do excesso de faltas que vem sofrendo e se queixou a amigos, segundo o jornal “L’Equipe”, que o Campeonato Francês é “defensivo e violento”. Os números dão razão ao craque brasileiro. Pelo menos no critério faltas. O “As”, da Espanha, fez um levantamento e comparou as médias de faltas sofridas por Neymar na Espanha e na França. Houve um aumento considerável.

Neymar é caçado em campo | Foto: PSG / Divulgação

Em quatro temporadas pelo Barcelona, Neymar, em média, recebia 3,4 faltas por rodada. Agora, pelo Campeonato Francês, o número subiu para cinco faltas sofridas por média.

Leia mais

Publicidade

Mercado de inverno movimenta R$ 3,5 bilhões: Barcelona é o campeão
Aubameyang troca o Borussia Dortmund pelo Arsenal
Rennes usa mesma moeda para responder provocação de Neymar
Barcelona aumenta oferta e se aproxima de acordo com Grêmio por Arthur
Manchester City chega à casa de R$ 1 bilhão em reforços para defesa

O brasileiro é o segundo jogador que mais sofreu faltas no Campeonato Francês. Ele fica atrás apenas de Fekir, do Lyon, que sofreu 84 faltas, três a mais do que Neymar. Porém, o astro do PSG “ganha” no quesito média: 5 contra 4,2 de Fekir.

Neymar, o mais caçado do PSG

O brasileiro é o principal alvo entre o trio de craques do PSG. Mbappé, por exemplo, sofreu apenas 22 faltas no Campeonato Francês, enquanto Cavani foi parado 14 vezes. A caça a Neymar também acontece na Liga dos Campeões. Ele foi o que mais sofreu faltas na fase de grupos: 24 ao todo, seis a mais do que Dybala, da Juventus.

Publicidade

O argumento do craque do PSG de que sofre mais faltas na França do que na Espanha é comprovado pelo “As”. Messi, por exemplo, tem média de 2,4 faltas sofridas na Liga, enquanto Cristiano Ronaldo tem média de apenas 0,87.

A média do craque brasileiro também é superior a de campeonatos como o da Inglaterra (Dele Alli lidera com média de 2,6 faltas sofridas), Itália (Belotti tem média de 3) e Alemanha (Kevin-Prince Boateng sofre 3,3 faltas por jogo).