Publicidade

O aprendiz superou o mestre. Pelo menos no PSG. Neymar, que já declarou ter Ronaldinho como ídolo, deixou o “professor” para trás. Com os dois gols na vitória por 4 a 0 sobre o Montpellier, neste sábado, pelo Campeonato Francês, Neymar ultrapassou R10 na artilharia do Paris Saint-Germain.

Neymar é uma máquina de gols no PSG | Foto: C. Gavelle / PSG / Divulgação

Neymar agora tem 26 gols com a camisa do PSG, um a mais do que Ronaldinho. O clube francês foi o primeiro de R10 na Europa. Ele defendeu o time de 2001 até 2003, quando foi para o Barcelona. Ao todo, Ronaldinho disputou 86 jogos com a camisa do Paris Saint-Germain, sem conquistar títulos.

Leia também

Publicidade

PSG ‘pede’ título da Liga dos Campeões e faz promessa para negociar Neymar
Real Madrid tem R$ 1 bilhão em caixa para investir em reforços
Com a corda no pescoço no Real Madrid, Zidane é acusado de nepotismo
Neymar está insatisfeito com ‘defensivo e violento’ Campeonato Francês
Flamengo mantém 100%, é tetra e entra no ‘pódio geral’ da Copinha

Novo astro do PSG, Neymar pula para a quinta colocação da artilharia dos brasileiros que defenderam o clube, deixando Ronaldinho em sexto. Não vai demorar muito para o craque alcançar o quarto lugar. O centroavante Christian soma 28 gols pelo clube. O líder entre os brazucas é Raí, autor de 72 gols.

Contra o Montpellier, Cavani se transformou no maior artilheiro da história do PSG, com 157 gols, um a mais do que o sueco Ibrahimovic.

Neymar e o PSG

Publicidade

Contratação mais cara da história do futebol (222 milhões de euros), Neymar tem deitado e rolado com a camisa do clube francês. Ele soma 26 gols em 24 jogos, média de 1,08, sendo 17 gols pelo Campeonato Francês (disputou 16 partidas pelo torneio), seis pela Liga dos Campeões, dois pela Copa da França e um pela Copa da Liga Francesa.

Porém, a relação Neymar e PSG está longe de ser um mar de rosas, com polêmicas e notícias sobre uma possível transferência em breve. Na sexta-feira, por exemplo, o site o “Goal.com” noticiou que o craque brasileiro tem a promessa de ser negociado, caso conquiste o título da Liga dos Campeões. O torneio, por sinal, será o teste de fogo. O clube francês encara o Real Madrid pelas oitavas de final. Além disso, o camisa 10 se queixou do Campeonato Francês, insatisfeito com o torneio, o qual classificou como “defensivo e violento”.