Publicidade

Neymar é a nova vítima de uma contusão que assola craques do futebol e de outras modalidades. O astro do Paris Saint-Germain e da Seleção Brasileira sofreu uma fissura no quinto metatarso do pé direito. A previsão é a de que fique dois meses sem jogar. Neymar se junta a uma lista de renome que já enfrentou este tipo de problema.

Neymar se machucou no duelo contra o Olympique de Marselha | Foto: Ligue 1 / Divulgação

Seja por fratura ou fissura (uma fratura incompleta) no metatarso, a lista de craques é grande. No futebol, Neymar se junta a Messi, James Rodríguez, Toni Kroos e Beckham, por exemplo.

Na temporada 2006/2007, numa partida contra o Zaragoza, Messi sofreu uma fratura no quinto metatarso do pé esquerdo. O craque do Barcelona ficou dois meses e meio sem jogar. Já James Rodríguez, em 2015, ficou dois meses fora de combate. O colombiano fraturou o quinto metatarso do pé direito num duelo entre Real Madrid e Sevilla.

Publicidade

Leia mais:

Craques brasileiros que não jogaram a Copa do Mundo? Relembre alguns
Gabriel Jesus muda de patamar com contrato com a Gatorade
Campeão de cara, Flamengo tenta se livrar de ‘maldição’ na Libertadores
‘Quinteto fantástico’: Griezmann irá defender o Barcelona, diz jornal
Com três brasileiros, jornal espanhol lista dez joias da Libertadores
Real Madrid aperta o cerco para ter Vinicius Júnior no meio do ano
Para agradar Neymar, PSG estuda trocar Mbappé por Philippe Coutinho

Em 2002, Beckham precisou se recuperar de uma fratura no quinto metatarso para disputar a Copa do Mundo. Ele se machucou num duelo entre o Manchester United e o Deportivo La Coruña, pela Liga dos Campeões. O ex-craque inglês voltou a tempo para jogar o Mundial.

Publicidade

A lista do futebol é ainda maior. Nomes como Michael Owen, Wayne Rooney, Marcelo, Xabi Alonso e Toni Kroos também lesionaram o quinto metatarso.

Feras do basquete

O quinto metatarso também é uma maldição no basquete. Michael Jordan teve esta contusão em sua segunda temporada na NBA. Kevin Durant, na época no Oklahoma City Thunder, em 2014, machucou o local na pré-temporada.

Ídolo do basquete espanhol, o pivô Pau Gasol perdeu a final do Mundial de 2006 justamente por ter lesionado o quinto metatarso. Na semifinal contra a Argentina, na briga pot um rebote, ele se contundiu.

Publicidade

Em comum, Jordan, Durant e Gasol ficaram dois meses de molho.

Nadal no tênis

Nas quadras de tênis, o espanhol Rafael Nadal também sofreu com a “maldição” do quinto metatarso. O tenista operou o local, inclusive.