Publicidade

A relação de Neymar com o PSG já teve episódios de tensão. Em 2019, por exemplo, o craque brasileiro quis deixar o clube francês e voltar para o Barcelona. Entretanto, o Paris Saint-Germain fez jogo duro e conseguiu manter o astro.

No documentário sobre sua vida, chamado “O caos perfeito” e exibido pela Netflix, Neymar aborda o tema.

Neymar PSG Neymar quis retornar para o Barcelona | Foto: Matthias Hangst/Getty Images

– Quando tomei a decisão de deixar o PSG não foi por causa de um torcedor ou do clube. Foi porque senti que estaria melhor em outro lugar. Nunca tive nada contra os torcedores do PSG, nem contra o próprio clube. Nunca foi isso, pelo contrário. Sou muito grato, estamos do mesmo lado e defendemos a mesma camisa. Estou aqui para ajudar – declarou.

Relacionadas

Dembélé Barcelona
Ndombelé

Publicidade

– Embora não quisesse continuar, tinha de treinar e estar preparado. Porque se jogar mal, todos vão me culpar. Se perdermos, sou o primeiro responsável. Sei o fardo e a responsabilidade que tenho – acrescentou Neymar.

LEIA MAIS! Real Madrid frustra o Arsenal no mercado da bola

Pai e empresário do astro, Neymar da Silva Santos explicou que o craque tentou sair de forma amigável, mas que não foi possível diante das intenções do PSG. Na época, o Barcelona elaborou uma proposta robusta e que também envolvia nomes como Dembélé, Rakitic e Todibo.

Comentários