Publicidade

No dia em que se tornou o maior artilheiro da Seleção Brasileira na história das Eliminatórias, o atacante Neymar fez um desabafo. O jogador disse que se sente desrespeitado mesmo tendo uma história de gols e recordes com a camisa canarinho.

Neymar fez o segundo gol do Brasil no triunfo de 2 a 0 sobre o Peru, na Arena Pernambuco, em Recife. O tento foi aos 40 minutos do primeiro tempo, quando ele aproveitou um rebote após chute de Éverton Ribeiro.

Neymar Seleção Brasileira (2) Neymar fez o segundo da Seleção (Foto: Lucas Figueiredo / CBF / Divulgação)

Ao comentar o 12º gol na história das Eliminatórias, o que fez superar Zico e Pelé, o craque se mostrou chateado.

Publicidade

– Fico feliz de estar batendo recordes, mas penso primeiro no coletivo. Mas os recordes são bons. Só não sei mais o que fazer para respeitarem o Neymar com este camisa. Isso vem de muito tempo de vocês repórteres e comentaristas – disse Neymar.

MAIS! Argentina bate Bolívia com show de Messi

Apesar do gol, Neymar não vai poder tentar ampliar a marca na próxima rodada, em outubro, contra a Venezuela. No fim do jogo ele recebeu um cartão amarelo e vai ter que cumprir suspensão. Na próxima semana o técnico Tite vai convocar os atletas para a rodada de outubro.

Relacionadas

Comentários