Publicidade

A boa fase do atacante Alvaro Morata na Juventus demorou para acontecer, mas já começa a dar frutos. Os gols e as boas atuações marcaram o renascimento do jogador, que chegou a ser visto com descrédito quando anunciaram sua contratação. Morata, no entanto, deu a volta por cima, literalmente, e confirmou seu talento no jogo contra o Ferencváros (4 a 0), quando roubou a cena de ninguém menos que Cristiano Ronaldo.

Embora tenha CR7 como  "rival" no ataque, Morata roubou o protagonismo na Juventus Embora tenha CR7 como “rival” no ataque, Morata roubou o protagonismo na Juventus – Foto: Giuseppe Bellini/Getty Images)

O prêmio pela boa fase rendeu ao espanhol a convocação para a seleção de seu país. Luis Enrique o chamou para os jogos da Liga das Nações contra a Alemanha (17 de novembro) e Suíça (14 de novembro), além do amistoso contra a Holanda (11 de novembro).

Morata não era convocado para a Seleção da Espanha desde novembro de 2019. Além do atacante da Juventus, os outros novos jogadores convocados são Inigo Martinez e Koke.

Publicidade

“Liguei para ele porque é um jogador diferente desde que entrou na Juventus. Morata melhorou em vários aspectos no ataque e na defesa. É sempre um prazer voltar a contar com o Álvaro”, disse Luis Enrique.

Morata jogou sua última partida pela Seleção da Espanha em 19 de novembro do ano passado, na goleada de 7 a 0 sobre Malta.