Publicidade

Acabou: esta foi a imagem que ilustrou o anúncio da renovação até 2023. A imagem é de 2013 (Foto: Reprodução) Acabou: esta foi a imagem que ilustrou o anúncio da renovação até 2023. A imagem é de 2013 (Foto: Reprodução)

O Milan anunciou nesta quarta-feira, por meio de comunicado oficial em seu site, o fim de um longo relacionamento com a Adidas. A fornecedora de material esportivo que patrocina o clube há quase 20 anos, deixará de equipar o time ao fim da temporada.

Ainda não se sabe qual será o novo fornecedor do clube italiano, mas Puma, Nike, Under Armour e New Balance estão no páreo. Também não se sabe o que levou a parceria ao fim, mas tanto clube quanto a fabricante de material esportivo mantêm o discurso de paz. Tudo teria ocorrido de comum acordo entre as partes.

Publicidade

Leia mais:
Expulsões, polêmicas e confusões: bolas fora de Neymar na carreira
Por que o mundo precisa se render a Lionel Messi
Ronaldinho Gaúcho vira nome de vinho
Era Tite na Seleção Brasileira: 60 jogadores já foram chamados; Veja a lista
Flamengo passa Corinthians em das redes sociais

Acabou por quê?

Especula-se que a intenção da Adidas seria reduzir o valor do fornecimento, incluído no contrato que vai até 2013. O fraco desempenho dos rossoneros nas últimas temporadas e, consequentemente, as vendas aquém do esperado, contribuíram. O Milan é um dos que menos faturam para a Adidas, se comparado aos demais parceiros. Estão com a Adidas o Real Madrid, Manchester United e Juventus.

A história do Milan com a Adidas é repleta de sucessos, mas certamente se tornaram apenas lembranças, se considerarmos os últimos anos. Na conta, duas Liga dos Campeões, um Mundial de Clubes da Fifa, duas Supercopas da Europa, três Campeonatos Italianos, três Supercopas e uma Copa da Itália. Tudo que é bom, um dia, acaba.