Publicidade

“A verdade é que estou um pouco cansado de ser sempre o problema de tudo no clube”. Essas foram as palavras de Lionel Messi, logo que chegou a Barcelona, depois da boa vitória da Argentina sobre o Peru. O jogador estava visivelmente irritado, diante de um mar de câmeras no aeroporto de Barcelona. O clima na Catalunha parece estar insuportável para Messi.

Ele não tem oportunidade de fazer apenas o que gosta há algum tempo, o que o afasta cada vez mais do clube. No entanto, os problemas vão além de sua relação com o clube. Eric Olhats, ex-agente de Griezmann, declarou que Messi é o “regime de terror do Barcelona: ou você está com ele, ou contra ele”.

Mas a irritação teria sido causada por um funcionário que estava esperando especificamente por ele no terminal de voo privado para fazer verificações. “Louco”, disse o argentino nas imagens antes de entrar no táxi. Fontes próximas ao jogador informaram que Messi ficou mais de meia hora detido no aeroporto.

Publicidade

A frase de Messi – “cansei de ser sempre o problema de tudo no clube” – volta a sacudir um ambiente que havia se acalmado, aparentemente. Sobretudo após a vitória sobre o Betis, além do intervalo para os jogos da seleção. Embora tenha até apressado seu retorno, nitidamente a Catalunha tira Lionel Messi do sério.

Leia também

Neymar com funkeira: boleiros que se envolveram com musas artistas

Deschamps dá resposta ao PSG sobre convocação de Mbappé