Publicidade

A “bomba Messi” ainda repercute. O argentino está oficialmente fora do Barcelona. O Manchester City era um dos interessados em Messi. Era. Segundo Pep Guardiola, o City já tem um camisa 10.

O técnico espanhol não está desmerecendo Messi. É que o clube não contava que ele sairia do Barcelona e fez outros planos no mercado da bola. Sendo assim, abriu os cofres por Grealish. O meia inglês será o camisa 10.

Guardiola Messi Manchester City Guardiola não contava com Messi livre no mercado | Foto: Imago Images

– Ele vai ser o 10 porque estamos convencidos do valor dele e estávamos convencidos de que o Messi ia ficar no Barcelona, por isso agora não está nos nossos planos. Parecia tudo bem encaminhado para lá ficar, por isso a notícia foi uma surpresa para todos, até para mim. O presidente (Joan Laporta) foi claro hoje. Eu não falei com ele ou com Messi, por isso não sei o que aconteceu, mas como torcedor do Barça adoraria que ele tivesse continuado lá. Só posso estar grato para com o melhor jogador que já vi na minha vida, pelos títulos que deu ao Barcelona. Mas o clube precisa ser sustentável e o que aconteceu na temporada passada não foi bom – declarou Guardiola, nesta sexta-feira.

Publicidade

– Estou sobretudo grato por tudo o que ele faz com a bola, dia a dia, jogo a jogo, a cada três dias ele faz algo único. Só posso agradecer que tenha levado o Barcelona a outro patamar, que tenha ajudado o clube a dominar o futebol durante uma década, desejo-lhe o melhor para o que resta da sua carreira. Não será esquecido – completou.

Relacionadas

Gabriel Jesus
Messi taça
Messi
Harry Kane

Manchester City chegou a sonhar com Messi

Em 2020, quando Messi quis sair do Barcelona, o Manchester City era apontado, ao lado do PSG, como sério candidato a contratar o craque argentino. Entretanto, o tema foi se esfriando ao longo da última temporada.

MAIS! Manchester City dobra rival e agora tem um novo craque

Publicidade

Quando parecia que Messi ficaria no Barça – havia um acordo para renovação -, o clube anunciou a saída do astro. O Barcelona precisa reduzir a folha salarial para se enquadrar nas regras impostas pela La Liga.

Comentários