Publicidade

Messi e Suárez Messi e Suárez chegaram aos 21 gols nas Eliminatórias Sul-Americanas

A última rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, disputada nesta terça-feira, não definiu apenas as seleções classificadas para a Copa do Mundo da Rússia. Com gols decisivos para Argentina e Uruguai, Messi e Luis Suárez são agora os maiores artilheiros da história da competição, ambos com 21 gols marcados.

O destaque da noite foi Lionel Messi. Em um jogo dramático, no qual a Argentina precisava vencer o Equador para garantir sua vaga na Copa da Rússia, o atacante, eleito cinco vezes o melhor jogador do mundo, balançou a rede três vezes e assegurou a vitória por 3 a 1, de virada. Já seu companheiro de Barcelona Luis Suárez fez dois gols na vitória de 4 a 2 sobre a Bolívia, que garantiu ao Uruguai a segunda colocação nas Eliminatórias, atrás apenas da seleção brasileira.

Publicidade

Por falar em Brasil, a equipe mais vitoriosa da América do Sul não possui um artilheiro no top 10 das Eliminatórias. Seus maiores goleadores na competição são Zico e Romário, com 11 gols cada.

Confira a lista com os maiores artilheiros da história das Eliminatórias Sul-Americanas:

1º – Messi (Argentina) – 21 gols
Luis Suárez (Uruguai) – 21 gols

Publicidade

3º – Hernán Crespo (Argentina) – 19 gols

4º – Marcelo Salas (Chile) 18 gols

5º – Iván Zamorano (Chile) 17 gols

Publicidade

6º – Agustín Delgado (Equador) 16 gols
Joaquín Botero (Bolívia) 16 gols
Edinson Cavani (Uruguai) – 16 gols

– Diego Forlán (Uruguai) 15 gols
Felipe Caicedo (Equador) 15 gols
Jefferson Farfán (Peru) 15 gols