Publicidade

O último dia da janela de transferência na Europa chega com uma novela para ser encerrada. Mbappé vai ou não para o Real Madrid? O clube merengue teria se retirado das negociações após o PSG recusar uma proposta de 200 milhões de euros (mais de R$ 1,2 bilhão). Mas se realmente o acerto não acontecer, o que representaria em termos de futuro na relação entre Mbappé e PSG? Isso porque o craque nunca escondeu que deseja ir para Madri.

O PSG não aceita a possibilidade de perder Mbappé de graça e aposta em uma promessa feita pelo jogador que não deixaria o clube sem render nenhum lucro. Mas a partir de janeiro o jogador, com vínculo somente até junho, pode assinar um pré-contrato com qualquer equipe.

Mbappé PSG Mbappé sinalizou o desejo de ir para o Real Madrid agora (Foto: Imago Images)

Se estiver com raiva suficiente para descumprir a promessa, Mbappé pode simplesmente se comprometer com o Real Madrid e deixar o PSG a ver navios. Um risco que corre Nasser Al-Khelaifi, dono do PSG.

Publicidade

MAIS! Barcelona disse não para Cristiano Ronaldo

Apesar disso internamente a imprensa francesa diz que o PSG aposta no tempo de convivência entre Neymar, Lionel Messi e Mbappé para que o francês possa se sentir ainda mais em casa e queira renovar. Se o Paris Saint-Germain confirmar em campo o time histórico, com bons resultados, sair do Parc dos Princes é um mau negócio.

– Não há motivo para jogadores como Neymar e Mbappé não desejarem ficar, pois estamos montando um time para ganhar tudo – disse Nasser Al-Khelaifi, quando renovou o contrato de Neymar. O brasileiro não criou dificuldades.

Relacionadas

Publicidade

Caso Mbappé não pule fora, os próximos meses serão decisivos para a estratégia do PSG. O tempo dirá se Nasser Al-Khelaifi fez a melhor aposta ou perdeu dinheiro. Entretanto no caso dele isso nem faz tanta falta.

 

Comentários