Publicidade

Um dos treinadores mais vitoriosos do futebol da Argentina, Marcelo Gallardo fez uma análise preocupante para nossos Hermanos. O técnico do River Plate conversou com a imprensa na véspera de seu time enfrentar o Athletico Paranaense pela Copa Libertadores. De maneira surpreendente ele fez severas críticas aos dirigentes do país e avisou que o futeboil argentino está em decadência.

Marcelo Gallardo criticou futebol argentino (Foto: Getty)

Gallardo disse que as constantes brigas políticas tornam o ambiente no país muito ruim para o futebol.

– No meio da pandemia eu já tinha avisado que o futebol argentino estava em decadência. Nosso futebol, onde as muitas rusgas políticas mostram dirigentes dispostos a brigar para ver quem leva mais vantagem, não pode parecer sério. Precisa ser sério de fato – disse Gallardo.

Seleção argentino vive jejum de títulos

Higuaín e Messi na Seleção da Argentina, parceria de sucesso Seleção da Argentina vem enfrentando maus resultados (Foto: JUAN MABROMATA/AFP via Getty Images)

Publicidade

O treinador criticou o nível do torneio local.

– Estamos vendo jogos sem interesse, em campos muitas vezes ruins e agravados pela ausência de público. Jogos que ninguém quer ver. Assim se realmente queremos melhorar o nível do futebol argentino temos que levar essas coisas em consideração – disse ele.

Leia também

“Plano Messi”, do Manchester City, esbarra em Sterling e De Bruyne
Klopp monta Liverpool com Jota e Firmino, mas o brasileiro ainda está ameaçado

Publicidade

A Argentina vive uma grave crise em termos de seleção, apesar da boa campanha nas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022, que será disputada no Catar. O país não ganha uma Copa do Mundo de 1986 e não vence a Copa América desde 1993. Além disso esste foi o último título relevante do país.