Publicidade

Manchester United

O Manchester United foi o time europeu que mais gerou receitas pelo segundo ano consecutivo. De acordo com o estudo “Football Money League”, da consultora Deloitte, o campeão da Liga Europa fechou a temporada 2016/2017 com 676,3 milhões de euros (cerca de R$ 2,6 bilhões), apenas 1,7 milhões de euros a mais que o Real Madrid, segundo colocado na lista. O Barcelona fecha o pódio com 648,3 milhões de euros.

Leia também
Com média melhor que Messi, Suárez entra em lista especial do Barcelona
Por que o futuro de Neymar está longe do Real Madrid
Manchester United fecha as portas para Cristiano Ronaldo
Trio do PSG deixa no chinelo o tridente do Real Madrid: duelo vem aí
Neymar marca quatro gols num jogo pela quinta vez na carreira

Publicidade

Destaque na janela de transferências passada, quando contratou o brasileiro Neymar por 222 milhões de euros, na transferência mais cara da história do futebol, o Paris Saint-Germain caiu uma posição pela segunda temporada seguida e aparece na sétima posição, com 486,2 milhões de euros em receita.

Premier League domina a lista

Entre os primeiros 20 colocados na lista da Deloitte, dez disputam a Premier League, primeira divisão do futebol inglês, sendo que cinco deles estão no top 10: além do líder Manchester United, o rival City está em quinto, com 527,7 milhões, o Arsenal aparece logo em seguida, com 487,6 milhões, e Chelsea ocupa a oitava colocação, com 428 milhões, e Liverpool a nona, com 424,2 milhões.

Confira a lista com os 20 clubes europeus que mais geraram receita na temporada 2016/2017:

Publicidade

Manchester United – 676,3 milhões de euros
Real Madrid – 674,6
Barcelona – 648,3
Bayern – 587,8
Manchester City – 527,7
Arsenal – 487,6
PSG – 486,2
Chelsea – 428
Liverpool – 424,2
10º Juventus – 405,7
11º Tottenham – 355,6
12º Borússia Dortmund – 332,6
13º Atlético de Madrid – 272,5
14º Leicester – 271,1
15º Inter de Milão – 262,1
16º Schalke – 230,2
17º West Ham – 213,3
18º Southampton – 212,1
19º Nápoles – 200,7
20º Eveton – 199,2