Publicidade

O Manchester City precisou de paciência e de um toque de talento para superar o sistema defensivo do Atlético de Madrid. Nesta terça-feira, na Inglaterra, o City fez 1 a 0 no rival e largou em vantagem nas quartas de final da Champions League. Agora, o time de Pep Guardiola pode empatar a partida de volta, na próxima quarta-feira, dia 13, às 16h (horário de Brasília).

Por falar em Guardiola, o roteiro do duelo contra o time de Diego Simeone foi previsível. O City com a bola e o Atlético negando os espaços. A estratégia do técnico argentino quase funcionou. Entretanto, um passe do talentoso Phil Foden desarmou a defesa espanhola. De Bruyne fez o gol da vitória inglesa.

Manchester City Atlético de Madrid Champions League De Bruyne marcou para o City | Foto: OLI SCARFF/AFP via Getty Images

O Atlético de Madrid, agora, vai precisar ser mais ofensivo em casa. O time de Simeone terá de vencer por dois gols de diferença para se classificar ou por um para levar para a prorrogação.

Manchester City x Atlético de Madrid pela Champions League

Publicidade

O primeiro tempo foi de ataque contra defesa. O Atlético de Madrid se fechou e negou os espaços ao Manchester City. O clube inglês girava a bola, mas encontrava dificuldade para criar. Assim, apesar da maior posse de bola, não levou perigo a Oblak.

Relacionadas

Mbappé
Di María

Se conseguiu não ser ameaçado pelo City na etapa inicial, o Atlético não conseguiu encaixar o esperado contragolpe que buscava. O time espanhol não finalizou a gol no primeiro tempo.

Bayern de Munique supera o Barcelona no mercado da bola

Publicidade

Na etapa final, o Manchester City usou a bola parada para assustar o Atlético de Madrid. De Bruyne cobrou falta e obrigou Oblak a salvar os espanhóis. Depois, Laporte ganhou pelo alto, em cobrança de escanteio, mas mandou por cima, com perigo.

O favorito de Rooney para assumir o Manchester United

A insistência do Manchester City foi premiada. Phil Foden, que acabara de entrar, achou o passe para De Bruyne. Ele tocou na saída de Oblak e fez 1 a 0, aos 25 minutos.

Publicidade

Gigantes da Premier League brigam por artilheiro do Benfica

O Manchester City continuou superior ao Atlético de Madrid, mas voltou a parar no sistema defensivo rival. De qualquer maneira, larga em vantagem no duelo das quartas de final da Champions League.

Liverpool bate o Benfica

O Liverpool mostrou por que é o favorito no duelo com o Benfica e deu um passo importante rumo à semifinal da Champions. Em Portugal, no Estádio da Luz, o clube inglês fez 3 a 1, gols de Konaté, Mané e Luis Díaz. Darwin Núñez descontou para o clube português.

Mané Benfica Liverpool Mané completa para o gol | Foto: Uefa

Publicidade

Com a vitória, o Liverpool abre vantagem para o duelo da volta, em Anfield, na próxima quarta-feira, dia 13, às 16h (horário de Brasília). O clube inglês vai poder perder por um gol de diferença.

Comentários