Publicidade

Recorde, gol e derrota. Foi assim o retorno de Cristiano Ronaldo pelo Manchester United na Champions League. Nesta terça-feira, pelo Grupo F, a expulsão de Wan-Bissaka, no primeiro tempo, complicou a vida inglesa. O Young Boys buscou a virada, nos acréscimos: 2 a 1, em Berna, na Suíça.

O último jogo de Champions League de Cristiano Ronaldo pelo Manchester United havia sido em 2009, em final perdida para o Barcelona. Agora, ele começa a escrever um novo capítulo com a camisa do United em um torneio que é especial para ele.

Cristiano Ronaldo Manchester United Young Boys Champions League Cristiano Ronaldo precisou de 12 minutos para marcar | Foto: Uefa

De cara, mais uma marca. Cristiano Ronaldo chegou a 177 jogos de Champions League e empatou com Casillas, ex-companheiro de Real Madrid, como recordista de partidas pelo torneio. E aumentou o recorde de gols: agora são 135 pela competição. E contando… Entretanto, a derrota é uma surpresa e tanto, em que se pese a expulsão.

Relacionadas

Jude Bellingham

Publicidade

Cristiano Ronaldo, agora, tem três gols em dois jogos no retorno ao United. Ele marcou duas vezes na vitória sobre o Newcastle, no fim de semana, pela Premier League.

Líder da Juventus, Chiellini insinua que Cristiano Ronaldo atrapalhava Dybala

O próximo compromisso de Cristiano Ronaldo e do Manchester United pela Champions League é no dia 29, contra o Villarreal, em Old Trafford. Já o Young Boys visita a Atalanta, no mesmo dia.

Cristiano Ronaldo põe o United na frente na Champions League

Publicidade

O craque português não demorou a balançar a rede. Aos 12 minutos, Bruno Fernandes cruzou de trivela e encontrou Cristiano Ronaldo. Ele bateu de primeira e fez 1 a 0. Farssnacht obrigou De Gea a trabalhar e a salvar o United. CR7 teve chance para ampliar. Entretanto, Von Ballmoos defendeu a finalização do astro.

Cristiano Ronaldo Manchester United Champions League Levanta o braço quem é o maior artilheiro da Champions: Cristiano Ronaldo é uma máquina | Foto: Uefa

O Manchester United ficou com um jogador a menos ainda no primeiro tempo, aos 35 minutos. Wan-Bissaka acertou o tornozelo de Martins Pereira e recebeu o vermelho diretamente. O Young Boys, que já fazia um jogo parelho, pressionou mais. Fassnacht quase empatou, mas a finalização foi para fora, após cruzamento.

O lateral-esquerdo que ‘enlouquece’ Guardiola no mercado da bola

Publicidade

O Young Boys, em vantagem numérica, alugou o campo de ataque e chegou ao empate no segundo tempo. Após cruzamento da direita, aos 20 minutos, Moumi Ngamaleu desviou e fez 1 a 1. Aos 26, Solskjaer tirou Cristiano Ronaldo e colocou Lingard.

O clube suíço buscou até o fim e conseguiu a virada. Aos 49 minutos, após recuo errado de Lingard, Siebatcheu ficou cara a cara com De Gea e bateu na saída do goleiro: 2 a 1. Que surpresa!

Young Boys United Champions League A festa do Young Boys após a virada | Foto: Uefa

Sevilla e Salzbug empatam pela Champions

O Salzburg não conseguiu superar o Sevilla, na Espanha, pelo Grupo G da Champions League, mesmo em “condições favoráveis”. O clube austríaco perdeu dois pênaltis e ficou com um jogador a mais no começo do segundo tempo. Os espanhóis conseguiram segurar o 1 a 1.

Sevilla x Salzburg Champions League Sevilla e Salzburg empatam na Espanha | Foto: Uefa

Publicidade

O Salzburg abusou no primeiro tempo. Adeyemi, aos 13 minutos, perdeu pênalti. O time austríaco teve nova penalidade. Desta vez, Sucic, aos 21, fez 1 a 0. Porém, ele desperdiçou outra cobrança – acertou a trave.

O Sevilla, na reta final da etapa inicial, empatou de… pênalti! Rakitic deixou tudo igual, em raros 45 minutos com quatro penalidades.

O Salzburg teve outra vantagem no segundo tempo. En-Nesyri recebeu o segundo amarelo e foi expulso, aos cinco minutos. Entretanto, o Sevilla conseguiu segurar o empate.

Publicidade

Na próxima rodada da Champions League, o Sevilla visita o Wolsburg, no dia 29, enquanto o Salzburg recebe o Lille, no mesmo dia.

Comentários