Publicidade

Já não tem mais clima para o artilheiro Harry Kane permanecer no Tottenham. Uma reunião entre o dono do clube, Daniel Levy, e o técnico Nuno Espirito Santo terminou muito mal. As informações são do jornal inglês “The Sun”.

O encontro foi uma tentativa final do Tottenham de manter o jogador. Caberia a Nuno Espírito Santo estreitar os laços entre o craque e o dirigente. Mas o português pouco falou. Quem tomou a iniciativa foi Kane.

Kane não quer o Tottenham (Foto: Uefa)

O atacante de 28 anos disse que tinha um acordo com o Tottenham para adiar em uma semana as suas férias. Mas que o clube nunca confirmou isso publicamente. Assim a torcida entendeu que o atraso era o desejo dele de não renovar.

Publicidade

MAIS! Mbappé pode fazer PSG quebrar jejum da era Ronaldinho

Kane fez severas críticas ao modo de agir de Levy e disse com todas as letras que deseja jogar no Manchester City. Mas ouvir também do dirigente que o clube não quer liberá-lo pela proposta do Manchester City, que é de 125 milhões de libras (quase R$ 1 bilhão).

Relacionadas

Cristiano Ronaldo Juventus
Rummenigge: dirigente prevê retorno do público aos estádios - Divulgação Bayer
Pablo Sarabia

Assim o caso fica longe de um final poucos dias antes do fechamento da janela. Mas o Manchester City deve jogar mais pesado nos próximos dias. Independentemente disso, Kane conseguiu ser a grande vedete deste fim de janela.

Comentários