Publicidade

A importante vitória por 3 a 2, no clássico contra o São Paulo (Foto: Divulgação Corinthians) Corinthians fica à frente dos rivais São Paulo e Palmeiras na média de público do Brasileirão (Foto: Divulgação Corinthians)

O Corinthians bateu a média de 40 mil torcedores no Campeonato Brasileiro 2017. Isso em 19 jogos como mandante, na Arena Corinthians, totalizando 760.142 torcedores. A média exata é de 40.007.

Outros dois paulistas seguem o Corinthians. São eles São Paulo, com 33.825 na média de público pagante, e Palmeiras, com 29.660 de média. A boa surpresa fica por conta do Bahia, que aparece em 4º lugar no ranking, com média de público de 21.541 pagantes, também em 19 jogos como mandante.

Publicidade

Para se ter uma ideia do significado desse número obtido pelo Corinthians, o clube carioca que mais se aproxima do Timão é o Vasco, 6º colocado, com 14.652. O Flamengo, time com a maior torcida do Brasil, não passa do 9º lugar, com média de 14.491 pagantes.

Comparando com a Europa

A incrível "Muralha Amarela", torcida apaixonada do Borussia Dortmund (Foto: Site Borussia) A incrível “Muralha Amarela”, torcida apaixonada do Borussia Dortmund (Foto: Site Borussia)

O Borussia Dortmund, primeiro colocado na Europa, tem média de público pagante de 75.673 na atual temporada. Essa distância entre competiçõs é grande, pois o ranking europeu considera apenas 9 jogos disputados em casa na temporada.

Se colocássemos o Corinthians nessa temporada europeia, o time brasileiro estaria mais ou menos no 42º lugar… ou pior. Quem ocupa essa posição no ranking europeu é o Napoli, da Itália, com média de 39.394 pagantes.

Faturamento

Publicidade

De qualquer modo, esse público rendeu ao Corinthians até agora, no Brasileirão, média de R$ 1.412.241,84. O total chega a R$ 26.832.594,91.

Leia mais:

Filho de Júlio Cesar anuncia aposentadoria do goleiro
De Rossi contesta escalação e vídeo viraliza na internet
Mesmo com R$ 15 milhões, Palmeiras silencia sobre Lucas Lima
Uber ativa patrocínio para empolgar a dupla Grêmio e Internacional
Neymar ganha ‘vale night’ do técnico do PSG
A meta (praticamente de artilheiro) de Paulinho no Barcelona