Publicidade

O Liverpool saiu perdendo por 2 a 0. Mas mostrou a sua força e virou na Espanha, derrotando o Villarreal por 3 a 2 e se garantindo na grande decisão da Champions League. Os ingleses tinham feito 2 a 0 na partida de ida.

Fabinho iniciou a reação (Foto: Uefa)

Foram dois tempos distintos. Os espanhóis mandaram no primeiro tempo. Mas foram completamente dominados na etapa final e levaram a merecida virada.

Agora o Liverpool ficou com a primeira vaga na grande decisão do dia 28. Mas seu adversário só sai nesta quarta-feira, quando Real Madrid e Manchester City se enfrentam na Espanha. Os ingleses ganharam na ida por 4 a 3.

Villarreal teve primeiro tempo brilhante

Dia abriu o placar para Villarreal. Mas Liverpool reagiu (Foto: Uefa)

Publicidade

O Villarreal começou o jogo em um ritmo intenso. Tanto que aos três minutos abriu o placar. Estupiñán cruzou, Capoue ajeitou e Dia complementou para o fundo da rede. Quando aos 13 minutos Thiago acertou o travessão em um belo chute, todos pensaram que o gol espanhol foi um acidente. Mas o anfitrião estava disposto a criar problemas.

Relacionadas

Haaland
Simeone Atlético de Madrid

Por pouco os espanhóis não ampliaram aos 36 minutos. O Liverpool saiu jogando de maneira equivocada, o Villarreal se aproveitou e Lo Celso tentou driblar o goleiro. Alisson e o atacante se chocaram. Mas o árbitro holandês Danny Makkelie não marcou a penalidade.

Coquelin cabeceia sem chances para Alisson (Foto: Uefa)

O Villarreal não se abalou e chegou ao segundo gol aos 40 minutos. Capoue recebeu pelo lado direito e cruzou na medida para Coquelin vencer Alexander-Arnold na cabeça e estufar as redes de Alisson.

Liverpool voltou arrasador

Salah ajudou o Liverpool a vencer (Foto: Uefa)

Publicidade

Na volta para o segundo tempo o Villarreal se fechou e esperou o Liverpool em seu campo. O pimeiro lance de perigo foi aos 10 minutos. Alexander-Arnold acetou o travessão em chute de fora da área. A bola desviou em Coquelin

A pressão deu efeito e o Liverpool descontou aos 16 minutos. Fabinho tabelou com Salah e chutou para fazer a bola passar por debaixo da pernas do goleiro Rulli.

O Villarreal se abateu e sofreu o segundo gol aos 22 minutos. Alexander-Arnold cruzou da direita e Luís Diaz, livre de marcação, cabeceou sem chances para o goleiro.

Villarreal perdeu a cabeça

Liverpool neutralizou Villarreal (Foto: Uefa)

Publicidade

O Liverpool tirou qualquer chance de reação do Villarreal aos 29 minutos. Mane recebeu lançamento, o goleiro saiu de maneira atrapalhada da área, a bola passou por ele e o atacante africano mandou para o fundo da rede.

No fim do jogo o Villarreal decidiu partir para a violência com entradas duras e teve merecidamente Capoue expulso.

FICHA TÉCNICA
VILLARREAL-ESP 2 X 3 LIVERPOOL-ING

Publicidade

Local: Estádio de la Cerámica, em Villarreal (Espanha)
Data: 3 de maio de 2022 (Terça-feira)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Danny Makkelie (Holanda)
Assistentes: Hessel Steegstra (Holanda) e Jan de Vries (Holanda)
VAR: Pol van Boekel (Holanda)
Cartões amarelos: Pau Torres, Capoue e Lo Celso (Villarreal) e Alexander-Arnold (Liverpool)
Cartões vermelhos: Capoue (Villarreal)
GOLS:
VILLARREAL: Dia aos 3 e Coquelin aos 40 minutos do 1º Tempo
LIVERPOOL: Fabinho aos 16, Luís Diaz aos 22 e Mané aos 29 minutos do 2º Tempo

VILLARREAL: Rulli, Foyth, Albiol (Aurier), Pau Torres e Estupiñán (Manu Trigueros); Parejo, Capoue, Lo Celso e Coquelin (Pedraza); Gerardo Moreno (Chukwueze) e Dia (Alcácer)
Técnico: Unai Emery
LIVERPOOL: Alisson, Alexander-Arnold, Konaté, Van Dijk e Robertson (Tsimikas); Fabinho (James Milner), Keita (Henderson) e Thiago Alcântara (Curtis Jones); Diogo Jota (Luís Diaz), Mané e Salah
Técnico: Jürgen Klopp

Comentários