Publicidade

Pergunte a qualquer jogador se ele não gostaria de disputar a Liga dos Campeões da Europa. A resposta será inevitavelmente “sim”, uma vez que estamos falando da maior competição de clubes de futebol do planeta. Porém, o que seria um sonho também pode se transformar em pesadelo.

Imagine, você num clube que disputa a Champions, porém, fora do time titular… Pois bem, listamos 10 casos de jogadores que foram do sonho ao pesadelo, perdendo a titularidade durante a Liga dos Campeões. Confira!

Raúl Navas

Raúl Navas, do Real Sociedad,

O zagueiro central começou a competição com moral no Real Sociedad. Perdeu quatro jogos após uma lesão no quadril e, depois que se recuperou, viu Diego Llorente tornar-se titular. Apesar de disponivel, nem mesmo tem sido relacionado para os jogos.

Iraizoz

Iraizoz em ação no Campeonato Espanhol, diante de Lionel Messi (Foto: Divulgação Barcelona) Iraizoz em ação no Campeonato Espanhol, diante de Lionel Messi (Foto: Divulgação Barcelona)

Publicidade

Goleiro, fez carreira no Atlético Bilbao, chegando ao Girona para assumir a meta como titular. Alternou boas e más atuações e acabou perdendo a vaga para Bono. Desde então, Iraizoz é utilizado apenas na Copa del Rey.

Borja Bastón

Atacante chegou ao Málaga com o intuito de fazer a torcida esquecer Sandro Ramírez, agora no Everton, da Inglaterra. Não foi o que aconteceu. Passou por um período de seca que acabou perdendo a vaga de titular para o uruguaio Rolán. Pode ser que recupere seu espaço, uma vez que Relán se machucou.

Chichizola

Goleiro do Las Palmas, chegou ao clube como um estranho, mas conquistou seu espaço. Porém, veio um periodo ruim dos “Amarelos” que bastou para que Chichizola perdesse a vaga para Raúl Lizoain.

Sergio Álvarez

Sergio Álvarez não deve ficar no Celta após a temporada (Foto: Site Celta de Vigo) Sergio Álvarez não deve ficar no Celta após a temporada (Foto: Site Celta de Vigo)

Publicidade

Outro goleiro nessa lista. Sergio Álvarez começou como titular e foi parar no banco após seis rodadas. Rubén Blanco assumiu o posto e ao que parece, Sergio Álvarez não volta mais à condição de titular.

Raúl Fernández

Raúl Fernandez, barrado após ter sido primordial na campanha da ascensão do Levante (Foto: Site do Clube) Raúl Fernandez, barrado após ter sido primordial na campanha da ascensão do Levante (Foto: Site do Clube)

O goleiro foi um dos arquitetos da ascensão de Levante, da Espanha. Era o dono da meta no início da temporada, mas veio perdendo o prestígio derrota após derrota. Foi barrado após perder para o Girona. Amarga três partidas seguidas no banco.

Aritz Elustondo

Aritz Elustondo pode ter uma chance de recuperar a vaga no time principal nas próximas rodadas (Foto: Site Real Sociedad) Aritz Elustondo pode ter uma chance de recuperar a vaga no time principal nas próximas rodadas (Foto: Site Real Sociedad)

Zagueiro do Real Sociedad, Aritz começou muito bem a temporada. Foram oito jogos sem derrota, o que é bom para qualquer defensor. A partir daí o cenário mudou e ele perdeu a posição. Voltou contra o Atlético de Madrid, substituindo Llorente, suspenso. O Real Sociedad venceu o jogo do último sábado, mas a permanência de Aritz como titular ainda não está garantida.

Naldo

O brasileiro Naldo em sua apresentação ao Espanyol (Foto: site Espanyol) O brasileiro Naldo em sua apresentação ao Espanyol (Foto: site Espanyol)

Publicidade

“Eu quero fazer história”. Essas foram as palavras de Naldo em sua chegada ao Espanyol. Atuou nos dois primeiros jogos do Campeonato Espanhol. A partir daí desapareceu praticamente do mapa, disputando apenas 135 minutos mais. Amarga a reserva para Mario Hermoso e David López, homens de confiança do técnico Quique.

Mantovani

Zagueiro sofre quando as coisas não vão bem. Cinco derrotas e o uruguaio Martín Mantovani se viu barrado do time principal do Deportivo Leganés. Foi para o banco diante do Las Palmas, não voltou mais. Fim do contrato está próximo, mas com futuro incerto.

Andone

O atacante romeno permaneceu em Riazor, apesar das propostas que recebeu no início da temporada. Iniciou normalmente mais uma temporada, jogando os primeiros cinco jogos em casa. Caiu de produção e agora está no banco. Perdeu a vaga para Lucas Pérez, pois no esquema do técnico Cristóbal Parralo (4-2-3-1), só cabe um à frente.

Publicidade

Leia Mais:

Revista lista 50 esportistas mais odiados do planeta. Confira!
Cifras da bola: fazendo fortunas no promissor mercado de apostas
Monaco “rouba” diretor de Marketing do Barcelona
Crise, aposta na base e superação: o último título internacional do Flamengo
Clubes brasileiros são os que mais jogam no planeta
A proposta irrecusável do Manchester City que Messi disse ‘não’
Nos últimos 10 anos, entre os rebaixados, sempre houve um campeão brasileiro
Cristiano Ronaldo pode passar Messi na artilharia da fase de grupos da Liga
Paulistas faturam cinco vezes mais do que cariocas no Brasileirão