Publicidade

Lewandowski desbancou Messi e Cristiano Ronaldo e foi eleito, nesta quinta-feira, o melhor jogador do mundo pela Fifa. O artilheiro do Bayern de Munique é o 16º atleta diferente a ganhar o prêmio da entidade.

Publicidade

A premiação da Fifa é contabilizada de 1991 para cá. Cinco craques foram eleitos melhor do mundo mais de uma vez. O primeiro deles foi foi Ronaldo, seguido por Zidane e depois Ronaldinho Gaúcho. A partir de 2008, o prêmio foi dominado por Cristiano Ronaldo e Messi, os maiores vencedores.

O Brasil já teve cinco craques eleitos como melhor do mundo pela Fifa, sendo que Ronaldo venceu três vezes e Ronaldinho Gaúcho, duas. O último a ganhar o prêmio foi Kaká, em 2007.

Relembre os melhores do mundo pela Fifa

1991

O primeiro melhor do mundo pela Fifa foi o alemão Lothar Matthäus. Ele defendia a Inter de Milão em 1991. O meia chamava atenção pela técnica refinada.

Lottar Matthäus Matthäus foi o primeiro melhor do mundo | Foto: Inter de Milão / Divulgação

1992

Publicidade

O atacante holandês Marco Van Basten, do Milan, foi o melhor do mundo de 1992. Ele impressionava pelo faro de artilheiro e técnica. Sofreu com lesões que abreviaram a carreira.

Van Basten Van Basten brilhou pelo Milan | Foto: Divulgação

1993

Roberto Baggio foi eleito melhor do mundo com a camisa da Juventus. O craque italiano se destacava pela habilidade, técnica e também capacidade de fazer gols.

Baggio Juventus Baggio em ação pela Juventus | Foto: Getty

1994

Romário foi o primeiro brasileiro a ganhar o prêmio, em 1994. O craque brilhava pelo Barcelona e também pela Seleção Brasileira, sendo o principal nome do tetra.

Romário largou a aposentadoria para vestir a camisa do America-RJ, em nome do pai (Foto: Divulgação CBF) Romário na Copa de 94  (Foto: Divulgação CBF)

1995

Publicidade

O liberiano Weah, até hoje, é o único atleta africano a ter sido eleito o melhor do mundo. Em 1995, defendeu o PSG e depois foi para o Milan. Weah se destacava pela velocidade, habilidade e faro de gol.

Weah é ídolo do PSG e do Milan | Foto: PSG / Divulgação

1996

Um jovem Ronaldo encantava o mundo. Ele ganhou o primeiro troféu de melhor do mundo em 1996, ano em que atuou pelo PSV e foi para o Barcelona.

Ronaldo teve uma temporada marcante pelo Barcelona | Foto: Divulgação Barcelona

1997

Ronaldo foi bicampeão no ano seguinte. A temporada marcante pelo Barcelona, na qual marcou 47 gols em 49 jogos, foi decisiva. Ele foi para a Inter de Milão ainda neste ano.

Ronaldo melhor do mundo Ronaldo brilhou também pela Inter | Foto: Inter de Milão / Divulgação

1998

Publicidade

Carrasco do Brasil na Copa do Mundo de 1998, Zidane ganhou o prêmio pela primeira com a camisa da Juventus. Ele brilhava com tamanha técnica e habilidade.

Zidane virou carrasco do Brasil em 1998 | Foto: Reprodução site da Fifa

1999

Rivaldo brilhou com a camisa do Barcelona e foi eleito melhor do mundo. O craque brasileiro se notabilizou pela técnica apurada e habilidade, além de sempre fazer gols.

Rivaldo foi o melhor do mundo em 1999 (Foto: Arquivo Barcelona) Rivaldo foi o melhor do mundo em 1999 (Foto: Arquivo Barcelona)

2000

Zidane conquistou o prêmio pela segunda vez em 2000 com a camisa da Juventus. A magia do craque francês encantava o mundo.

Zidane Zidane brilhou na Itália | Foto: Getty

2001

Publicidade

O craque português Figo, um dos galácticos do Real Madrid, ganhou o prêmio em 2001. Ele se destacava pela habilidade e técnica. Foi um ponta de muita eficiência e qualidade.

Figo Figo era um ponta de muita técnica | Foto: Real Madrid / Divulgação

2002

Ronaldo venceu o prêmio pela terceira vez. O desempenho na Copa do Mundo, com o título do Brasil, pesou. Em 2002, ele trocou a Inter de Milão pelo Real Madrid.

Ronaldo melhor do mundo O Fenômeno foi para o Real após a Copa de 2002 | Foto: Real Madrid / Divulgação

2003

Já com a camisa do Real Madrid, Zidane conquistou o prêmio pela terceira vez e se igualou a Ronaldo, na ocasião, como maior vencedor. Seria assim até uma “certa” dupla surgir.

Zidane fez história também como jogador do Real | Foto: Real Madrid / Divulgação

2004

Publicidade

A magia de Ronaldinho Gaúcho foi marcante e resultou em dois prêmios de melhor do mundo com a camisa do Barcelona. O primeiro em 2004.

Ronaldinho conquistou o Barcelona e o mundo | Foto: Divulgação / Barcelona

2005

No auge, Ronaldinho deixava o mundo admirado com dribles, gols e muita habilidade. Virou lenda do Barcelona e da bola.

Ronaldinho Gaúcho encantou o mundo com a camisa do Barcelona | Foto: Divulgação Barcelona Ronaldinho Gaúcho encantou o mundo com a camisa do Barcelona | Foto: Divulgação Barcelona

2006

Campeão mundial com a Itália, o zagueiro Cannavaro foi o eleito o melhor do mundo em 2006. Naquele ano, trocou a Juventus pelo Real Madrid.

Cannavaro levantou a taça da Copa do Mundo e foi para o Real | Foto: Real Madrid / Divulgação

2007

Publicidade

O último brasileiro melhor do mundo foi Kaká, em 2007. Com a camisa do Milan, o craque se notabilizou pelas arrancadas fulminantes e gols.

Kaká brilhou pelo Milan | Foto: Milan / Divulgação

2008

Com a camisa do Manchester United, Cristiano Ronaldo foi eleito o melhor do mundo em 2008. Ali, passou a ser protagonista do mundo da bola com seus gols, talento e ambição.

Cristiano Ronaldo em ação pelo Manchester United Cristiano Ronaldo em ação pelo Manchester United (Foto: Getty)

2009

Messi ganhou pela primeira vez em 2009. Foi o reconhecimento ao talento do craque argentino, que tomou conta da premiação.

O primeiro gol de Messi na Liga abriu uma história de glórias na maior competição da Europa (Foto: Site Barcelona) Messi venceu o prêmio pela primeira vez em 2009 | Foto: Site Barcelona

2010

Publicidade

Foi um prêmio atrás do outro. A magia fez de Messi uma máquina também nas premiações.

Fabregas e Messi nos tempos de Barcelona Messi dominou o prêmio | Foto: Divulgação

2011

Como não escolher um craque que colecionava títulos e fazia gols em profusão? Deu Messi de novo.

Messi é o maior ídolo da história do Barça | Foto: Divulgação

2012

O “tetracampeonato” aconteceu em 2012. Pudera. Messi havia impressionado o mundo na temporada 2011/2012, na qual marcou 73 gols em 60 jogos.

Messi melhor do mundo Messi encantou o mundo | Foto: Miguel Ruiz / Barcelona / Divulgação

2013

Cristiano Ronaldo “respondeu” em 2013, com a camisa do Real Madrid. Ele ligou o modo turbo de gols.

Cristiano Ronaldo fez história pelo Real | Foto: Divulgação Real Madrid

2014

Repeteco de Cristiano Ronaldo, somando o terceiro prêmio, o segundo pelo Real Madrid. Ele passou a enfileirar títulos, como o da Champions de 2013/2014.

CR7 é máquina de gols e prêmios | Foto: Divulgação

2015

Campeão da Champions League 2014/2015, Messi voltou a ser eleito melhor do mundo em 2015.

Messi é uma máquina de prêmios | Foto: Divulgação

2016

Cristiano Ronaldo emplacou mais uma “dobradinha”. Em 2016, voltou a ser campeão da Champions League pelo Real Madrid e melhor do mundo.

É para aplaudir mesmo | Foto: Real Madrid / Divulgação

2017

Bicampeão, de forma consecutiva, da Champions League e do prêmio de melhor do mundo. Foi a quinta vez que Cristiano Ronaldo foi eleito o número 1. Estava empatado com Messi.

Cristiano Ronaldo melhor do mundo Está ruim de prêmio? CR7 esbanja! Foto: Divulgação

2018

Modric foi o primeiro a desbancar o domínio de Messi e Cristiano Ronaldo. O croata do Real Madrid foi eleito melhor do mundo em 2018.

Modric melhor do mundo Modric acabou com hegemonia de Messi e CR7 | Foto: Real Madrid / Divulgação

2019

Messi foi eleito o melhor do mundo pela sexta vez em 2019. É o maior vencedor do prêmio.

Messi é o maior vencedor do prêmio | Foto: Arquivo Uefa

2020

Lewandowski entra na seleta lista, após uma temporada brilhante com a camisa do Bayern de Munique. Uma máquina de fazer gols e agora melhor do mundo.

Lewandowski, Bayern de Munique melhor do mundo Lewandowski impressiona pela capacidade de fazer gol | Foto: Bayern de Munique / Divulgação