Publicidade

A grave crise financeira do Barcelona cada vez mais é explicada em números. Agora, o drama diz respeito a dívidas em contratações. Ou seja, valores que o clube se comprometeu a pagar e ainda não o fez. Segundo a “Cadena SER”, o Barcelona deve um valor considerável ao Liverpool por Philippe Coutinho e mais de 100 milhões de euros (R$ 641,5 milhões), ao todo, em situações parecidas.

Segundo a rádio espanhola, a dívida do Barcelona com o clube inglês é de 42 milhões de euros (R$ 269,4 milhões). Coutinho foi contratado em 2018, em cifras que ultrapassaram os 100 milhões de euros. E ainda há bônus previsto no acordo.

Philippe Coutinho Barcelona Barcelona ainda não pagou tudo por Philippe Coutinho | Foto: Imago Images

Ao todo, a dívida do Barcelona por contratações que ainda não quitou chega à casa de 115 milhões de euros (R$ 737,7 milhões). O clube espanhol tenta arrumar a casa financeiramente.

Relacionadas

Haaland Borussia Dortmund
Lewandowski Bayern de Munique
Neymar PSG
Pogba Manchester United

Publicidade

Na semana passada, Ferran Reverter, CEO do Barcelona, apontou que a dívida encontrada pela atual gestão foi de 1,35 bilhão de euros (R$ 8,6 bilhões). O dirigente apontou um episódio que retrata os erros anteriores do clube. Segundo Ferran, o Barça descobriu de última hora que não tinha dinheiro para contratar Griezmann, em 2019, junto ao Atlético de Madrid. Sendo assim, foi preciso pegar empréstimo, o que acarretou em mais custos.

MAIS! PSG já separa bolada para comprar jovem lateral-esquerdo português

Segundo a “Cadena SER”, Griezmann e Dembélé, ex-Borussia Dortmund, são contratações quitadas pelo Barcelona. O clube vai lidando com estes problemas e tem demonstrado otimismo. Inclusive, já se vê em condição de investir no mercado da bola. Entretanto, ainda tem valor em aberto com outros clubes.

Comentários