Publicidade

O artilheiro Lukaku já pediu a todas as pessoas no Chelsea, incluindo o novo presidente, Todd Boehly, e o técnico Thomas Tuchel para deixar o clube. Assim seu desejo deverá ser atendido. Entretanto um lateral holandês, Denzel Dumfries, é quem vai definir o destino do artilheiro.

Denzel Dumfries Inter de Milão Denzel Dumfries em ação pela Inter de Milão | Foto: Imago Images

A imprensa italiana divulgou que o Chelsea vem condicionando liberar Lukaku para a Internazionale ao fato de Denzel Dumfries aceitar fazer o caminho inverso: trocar o clube de Milão por Stamford Bridge.

Apesar de serem duas negociações diferentes, elas estão ligadas. Segundo o “Corriere dello Sport” essa seria a última condição para o Chelsea finalmente ceder o jogador por empréstimo para a Inter. Antes de o holandês ser incluído na conversa os ingleses só aceitavam uma venda em definitivo.

Relacionadas

Alemanha Coreia do Sul
Vinicius Júnior Real Madrid Liverpool Champions League

Publicidade

Pelo empréstimo do jogador, o Chelsea deve receber 12 milhões de euros (mais de R$ 60 milhões). Os ingleses querem recuperar parte do dinheiro investido no jogador. Já o jogador quer reeditar o bom futebol dos tempos de Itália. Durante o período entre 2019 e 2021, Lukaku anotou 64 gols em 95 jogos, além de ter sido o principal nome na campanha que tirou a Inter da fila na conquista do Campeonato Italiano de 2020/21. No Chelsea, por sua vez, apesar de conquistar o Mundial de Clubes, marcou somente 15 gols em 44 partidas.

Comentários